EnergiaServiços

3 Decisões importantes para quando se tem um negócio

O Brasil é um país onde as empresas têm uma alta taxa de mortalidade. De acordo com dados do Sebrae, em 2014, 23% dos negócios fechavam as portas até o segundo aniversário de inauguração. Em 2010, a cifra chegava a quase 50%.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a carga tributária não é a principal vilã por trás desse dado. Na verdade, o problema brasileiro é que o empreendedorismo por necessidade é o que predomina, não por oportunidade.

Na prática, isso significa que boa parte dos estabelecimentos são abertos às pressas, por pessoas que não conseguem voltar ao mercado de trabalho e precisam obter o seu sustento.

Assim, não há um trabalho de planejamento adequado para a abertura da empresa, o que compromete seriamente o seu período de vida.

Deste modo, a melhor maneira de fazer com que um negócio prospere e se estabeleça no mercado é planejar e organizar a sua abertura com antecedência.

Depois que ele abrir as portas, a disciplina continua: é preciso que o empreendedor tome alguns cuidados para não prejudicar o sucesso do seu projeto. Contudo, alguns deles são tão discretos e detalhistas que podem, facilmente, ser esquecidos.

Quer saber mais sobre o que fazer para aumentar as chances de que o seu negócio seja um sucesso? Então continue lendo e confira alguns detalhes importantes para que isso aconteça:

  1. Tenha boas instalações elétricas

Praticamente todas as empresas dependem da energia elétrica para funcionar. Uma indústria, por exemplo, precisa dela para que os equipamentos de sua linha de produção funcionem, enquanto um escritório depende dessa energia para ativar itens como computadores, impressoras e servidores. De um jeito ou de outro, interrupções no fornecimento podem ser fatais.

Por conta disso, é fundamental que toda e qualquer empresa conte com uma instalação eletrica robusta, que faça a distribuição da corrente de maneira segura e eficiente. Do contrário, as falhas serão frequentes, e, em alguns casos elas poderão danificar o equipamento que está conectado à rede.

A boa notícia é que isso é relativamente simples: existem diversos estabelecimentos que atuam no ramo, elaborando e executando projetos de altíssima qualidade.

Assim, basta procurar empresas de instalações elétricas em sua região, para que elas analisem as necessidades da empresa e as características do local onde estão instaladas e criem uma solução personalizada para o estabelecimento.

  1. Tenha um contador de confiança

Engana-se quem pensa que o profissional de contabilidade é um mero resolvedor de burocracia: na verdade, ele pode facilmente se transformar em um parceiro estratégico para o seu negócio. Entre as atividades que podem ser desempenhadas pelo contador nesse sentido, estão:

  • Elisão tributária;

  • Planejamento tributário;

  • Análises financeiras;

  • Detecção de fraudes.

Contudo, para que tudo isso se concretize, é fundamental que o profissional contratado seja de confiança, e esteja disposto a fazer mais do que apurar impostos e preencher documentos.

Da mesma maneira, é preciso que os proprietários do estabelecimento estejam dispostos a trabalhar em conjunto com ele, munindo-o de todas as informações e dados necessários para que ele exerça as suas funções.

A boa notícia é que, atualmente, grande parte dos profissionais já tem essa postura. Assim, buscar um escritório de contabilidade sp que ajude a tornar um estabelecimento mais competitivo em comparação à concorrência.

  1. Cumpra todas as normas trabalhistas

No Brasil, há um diploma legal que regulamenta as relações entre patrões e empregados: a consolidação das leis do trabalho, mais conhecida como CLT.

Ela fixa padrões mínimos a respeito de itens como o processo do exame admissional e demissional, férias, jornada de trabalho, entre outros.

Além disso, ela prevê sanções para funcionários e empregadores que descumprirem suas obrigações ou os direitos de outra parte, fazendo com que muitos impasses parem na Justiça do Trabalho.

Assim, para evitar problemas, é muito importante que toda e qualquer empresa busque se informar a respeito de seus direitos e obrigações, e sigam-os à risca.

Do contrário, haverá a geração de um passivo trabalhista considerável, que, por sua vez, pode acarretar em um prejuízo financeiro considerável para o estabelecimento, mesmo que ele vença a ação na Justiça.

Caso os proprietários não tenham muito conhecimento a respeito da norma, é interessante que eles contem com a ajuda de especialistas. Uma clínica de exame admissional, por exemplo, contará com um médico do trabalho que poderá ajudar o negócio com o cumprimento de suas obrigações referentes à saúde ocupacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *