EmpreendedorismoOrganizaçãoTrabalhador

A saúde do funcionário e o desenvolvimento da empresa

funcionários

A preservação da saúde e do bem-estar de um funcionário, não pode ser negligenciada em nenhum momento. Assim como um exame admissional que seja realizado com extremo cuidado e minúcia.

E, principalmente, em empreendimentos em saúde ocupacional que trabalhem eticamente e sejam profissionais, principalmente quanto aos resultados obtidos.

Um exame para admissão de um novo funcionário, atesta tanto o estado de saúde do funcionário à empresa, no ato da admissão, quanto estabelecer comparativos para a empresa e ao funcionário no momento de um possível encerramento das atividades desse profissional.

A clinica exame admissional precisa ser séria, competente e ética para fornecer resultados honestos para os dois lados.

A saúde de um colaborador precisa estar na lista de prioridades da empresa. Todo e qualquer funcionário precisa trabalhar em uma ambiente profissional que forneça as condições ideais para o desenvolvimento da função e permanência no local.

Desde um simples papel toalha para banheiro, até os materiais e equipamentos de proteção e sem riscos de acidentes ou falta de segurança.

EPI’s são exemplos clássicos de equipamentos de proteção no ambiente de trabalho, que além de ser exigência de normas regulamentadoras, também ajudam ao profissional desenvolver o seu trabalho com mais segurança e confiança.

Principalmente trabalhadores que desenvolvam trabalhos e alta periculosidade, por exemplo: serviços de manutenção predial e condutores, geralmente precisam de:

  • Cordas;
  • Máscaras;
  • Capacetes;
  • Cintos.

Funcionalidade de cada equipamento

Para os trabalhadores do setor de engenharia civil, no ramo de manutenção, precisa do auxílio de cabos e cordas para suspensão do profissional até determinadas alturas com segurança e tranquilidade, além de uma boa dose de coragem.

Outro equipamento que pode ser adicionado em construções para promover maior proteção ao “trabalhadores das alturas” são as linhas de vida.

As linhas de vida são equipamentos que são instalados nas lajes e terraços de prédios e indústrias, entre outros, para se conectar aos equipamentos de segurança dos trabalhadores e dar mais um meio de segurança a esses trabalhadores, que encontram nesse equipamento mais tranquilidade.

As máscaras tem bastante utilidade em obras, na industria farmacêutica industria alimentícia, entre outros. Sua funcionalidade está mais ligada à prevenção de contaminação, por inalação de produtos tóxicos e ambiente contaminado por vírus e doenças nocivas.

As máscaras podem ser feitas de diversos materiais, desde os mais finos, aos mais resistentes, cada um para setores específicos e podem ser adquiridas em casas de produtos para equipamentos de proteção ao trabalhador.

O cintos de segurança para trabalho em alturas fazem parte dos equipamentos de segurança para os trabalhadores do setor, de acordo com a NR 35.

Além de exigir a presença do cinto a NR 35 também torna obrigatório uma série de outros equipamentos de segurança e proteção como capacete.

Os capacetes são fundamentais em quase todos os tipos de trabalho desenvolvido na indústria, seja ela de qual tipo for.

Capacetes fornecem tão alto nível de proteção,q eu utilizá-lo pode ser a diferença entre a vida e a morte, em alguns casos.entre sequelas mais graves ou não.

Cuidados em casos de demissão

Mesmo em casos de demissão, os cuidados não diminuem. Em alguns casos, dependendo da função, alguns documentos especiais são exigidos, para que o desligamento do funcionário ocorra dentro da lei e nas condições exigidas pelas regras da Justiça do Trabalho.

Um exame toxicológico demissional é um exemplo de exame demissional muito específico para algumas profissões, por exemplo, a de motorista profissional.

Esse exame pode ser feito a partir da comunicação do desligamento do motorista da empresa e só pode ser feito em laboratórios credenciados ao DENATRAN.

A ideia da realização desse exame é para mostrar o histórico do profissional, pois todos os resultados ficam guardados e mostram se durante o desenvolvimento da função, o trabalhador se valeu de substâncias tóxicas de qualquer tipo, pondo em risco a sua segurança.

Outro requisito que protege o trabalhador e o ressarci por possíveis danos para a sua saúde, é o laudo de periculosidade. Algumas profissões possuem essa exigência.

O laudo de periculosidade operador de empilhadeira, se refere, por exemplo, ao pagamentos de adicional ao funcionário, se este, durante o desenvolvimento da função ficar exposto ao gás durante a troca no veículo.

Todas as empresas contam com terceirizadas para a otimização de processos e a realização de serviços para um bom andamento da empresa e seu desenvolvimento.

Seja uma consultoria financeira ou medicina do trabalho, as empresas lançam mão e todos os profissionais para realizar os trabalhos e obter sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *