EquipamentosNormasSegurança

A segurança do trabalho reflete no desempenho do colaborador

Com as mudanças da sociedade e das revoluções industriais que impactam todo o mercado produtivo no país e a sociedade como um todo, a segurança do trabalho vem ganhando espaço e reconhecimentos em todos os ambientes organizacionais.

Isso porque os colaboradores têm exigido mais das empresas que trabalham e os clientes também. Isso ocorre, principalmente, devido ao acesso a informação que é facilitado por conta da internet, que tornou mais simples denunciar, pesquisar e exigir das organizações ações mais conscientes e corretas.

Mas, qual é o papel da segurança ocupacional?

Podemos definir a segurança do trabalho como um conjunto entre a ciência – responsável pelos estudos e pesquisas do corpo humano – e as tecnologias que são responsáveis por promover a proteção dos colaboradores em seus locais de trabalho, sendo aplicada em qualquer ambiente organizacional e não apenas aqueles que apresentam mais riscos.

Além disso, ela visa minimizar e evitar acidentes, doenças ocupacionais – produzidas pelo exercícios das atividades que o trabalho demanda ou por condições especiais de trabalho -, protegendo a integridade e a capacidade produtiva do trabalhador.

Ou seja, o empresário contratante precisa fornecer ao seu trabalhador um ambiente que tenha um controle das situações de risco e seja seguro a eles.

Benefícios da segurança no ambiente de trabalho

Investir na área de segurança é investir em bem-estar físico, mental e social de todos os trabalhadores. Mais ainda, é agir em conformidade com a legislação vigente e ter um retorno na forma de produtividade, diminuição dos gastos, valorização da empresa por parte dos colaboradores e de toda a sociedade, contribuindo para a imagem e identidade da organização.

Além de todos as vantagens citadas, ainda é possível listar algumas mais, como:

  • Organização;
  • Ambiente colaborativo saudável;
  • Redução de acidentes;
  • Produtividade;
  • Oportunidade;
  • Qualidade;
  • Diminuição dos custos.

Isso porque, para garantir um ambiente mais seguro aos colaborados os profissionais da segurança de trabalho criam uma logística para proteção que proporciona mais organização no ambiente empresarial, tendo reflexos – inclusive – na produtividade dos funcionários.

Já com relação ao ambiente colaborativo saudável, ao se preocupar com a segurança e investir nesse projeto a empresa passa aos seus trabalhadores que ela está comprometida também com a sua saúde e bem-estar, ganhando credibilidade e confiança deles. Tornando assim, o ambiente melhor e mais saudável.

O benefício relacionado a diminuição de acidentes é o principal, pois ele é responsável por tornar o espaço mais seguro.

A produtividade surge ao investir em segurança pois os funcionários sente-se mais confortáveis e motivados em seus ambientes de trabalho, dessa forma aumentam a produtividade pois atuam com mais segurança e menos estresse.

Já ao realizar o treinamento de segurança e momentos como a ginástica laboral há a oportunidade de realizar uma integração de toda a equipe tornando-a mais unidade e sintonizada.

A confiança ao atuar em ambiente seguro não reflete apenas em um aumento da produtividade, mas também em resultados com mais qualidade.

Por fim, a diminuição dos custos está intimamente ligada a prevenção de acidentes e proporcionar um ambiente com condições saudáveis para atuar. Com isso, os gastos com afastamentos temporários e ações judiciais são evitados.

A segurança

Além de mudanças nos processos e incrementação de exercícios e demais atividades a fim de evitar acidentes no ambiente corporativo, algumas medidas de segurança como equipamentos de proteção individual (EPI), – principalmente em ambientes que podem ser mais nocivos a saúde como obras e construções – são fundamentais.

Alguns deles são mais comuns, como os óculos, luvas e botas, mas temos também o capacete de segurança com jugular que é mais indicado para locais em que haja uma intensa ação do vento, pois esse adereço contribui para que o equipamento de segurança não caia ou voe e deixe o trabalhador desprotegido.

Além disso é importante ressaltar que o equipamento precisa ser utilizado de forma correta com as devidas manutenções.

Outro equipamento que deve ser utilizado é a máscara semi facial utilizada para contribuir com uma respiração mais limpa e eficiente, protegendo contra a inalação de agentes nocivos à saúde.

A proteção deve estar presente, inclusive, em empresas que fornecem ou terceirizam.

Esse é o caso, por exemplo, de uma empresa de segurança que necessita prover condições estáveis e saudáveis ao seus agentes.

Isso ocorre porque os funcionários da empresa de segurança para condominios são encarregados de protegerem espaços com muita circulação de pessoas. Com isso, fornecer acessórios bem como um sistema de segurança devidamente equipado e operando corretamento a fim de contribuir com a eficacia e qualidade do trabalho é de suma importância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *