Empreendedorismo

Abrindo uma empresa têxtil

Quem tem o espírito empreendedor a todo momento pensa em abrir seu próprio negócio e se livrar das amarras de ser empregado em um trabalho comum. Ainda que seja, muitas vezes, complicado, isso pode compensar bastante no futuro.

O problema é que muitas pessoas não conseguem decidir claramente qual o tipo de empreendimento que elas pretendem começar. Mas saiba que não há nenhum problema com isso, pois este é um sentimento bastante comum.

Para tentar encontrar qual é o negócio perfeito para você, basta apenas pensar quais são as suas afinidades e tentar encaixá-las ao mercado de trabalho.

Com certeza você encontrará uma boa ideia de empresa que o motivará a seguir em frente com o espírito de empreendedorismo. Se você está precisando de uma dica, que tal investir em uma empresa têxtil? Essa indústria só cresce e pode trazer bons retornos para você.

Caso essa seja a sua intenção, confira alguns passos importantes para conseguir fazê-lo.

Abrindo uma empresa têxtil: como fazer

Não existe uma fórmula secreta para o sucesso, mas existem alguns pontos importantes que devem ser pensados antes de tirar o projeto do papel, e são eles:

  • Investimento;

  • Segmento;

  • Estrutura;

  • Máquinas;

  • Espaço;

  • Equipe.

Antes de tudo, você precisa saber quanto você pode investir no seu projeto. Defina um valor mínimo e um valor máximo e tente montar um orçamento que caiba dentro desta margem estipulada.

Dentro da indústria têxtil existe uma infinidade de segmentos que podem ser explorados: masculino, feminino, infantil, esportivo, casual, moda íntima, praia, social, plus size, entre muitas outras.

Quanto mais variado for o seu segmento, maiores são os gastos com os outros pontos. Na questão estrutural, você precisa decidir se a sua empresa funcionará só com a produção de malhas, tecidos e afins, ou se haverá também a confecção das peças de roupa.

Ainda é necessário pensar se todos os setores (modelagem, tinturaria, administração, financeiro e etc) e se estarão no mesmo local. Depois que você decidir o segmento e a estrutura, faz-se necessário pensar em quais equipamentos serão necessários para colocar o plano em execução.

Uma das mais comuns é a máquina têxtil urdideira, que é responsável pela tecelagem, mas existem outras, das quais desempenham as funções filatórias e recorte.

Assim que você definir tudo isso, é preciso identificar um local onde seja possível trabalhar. Quanto mais segmentos, setores e máquinas, maior será o espaço que você precisará alugar para montar a sua empresa efetivamente.

Por fim, você deve contratar uma equipe de funcionários que sejam capacitados para as atividades que eles irão realizar, seja para o manuseio de máquinas, modelagem, administração ou setor financeiro.

Outros itens que são importantes

Independentemente do tamanho, e até mesmo do segmento, da sua empresa, existem alguns itens que são essenciais para o bom funcionamento técnico de toda a estrutura do local.

As questões relacionadas a área de tecnologia da informação, conhecida como TI, são importantes para manter todas as informações digitais arquivadas com sucesso.

Um rack servidor, por exemplo, é extremamente essencial em uma empresa, pois ele irá armazenar os equipamentos que contam com todas as informações relevantes para a sua empresa.

Isso é importante para garantir a segurança de seus dados, pois existem inúmeros casos de espionagem e roubo de informações, que podem acabar destruindo a sua empresa, ou pelo menos causando sérios danos. Assim, podemos dizer que o rack de servidor funciona como uma espécie de cofre digital.

Existem vários modelos, como o rack 12u, o 24u e o 44u. A principal diferença entre eles é o tamanho. Por conta disso, antes de comprar o rack, faz-se necessário identificar quantos e quais os tamanhos dos equipamentos que você irá armazenar em seu interior.

Outra coisa importante a ser feita em sua empresa é o cabeamento estruturado, que se torna responsável por organizar e padronizar todos os conectores e meios de transmissão usadas nas redes informáticas e de telefone, ou seja, o cabeamento estruturado é de suma importância nessa fase.

Isso permite que a infraestrutura seja canalizada em um só lugar, sendo possível fazer a ligação entre diferentes redes através de um centro de controle.

Assim, a manutenção se torna bem mais rápida e eficaz, além de permitir uma instalação de novos cabos de maneira mais fácil, melhorar a identificação de cada um deles, diminuir a incidência de fios soltos pela empresa e reduzir os custos a longo prazo com profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *