Serviços

Aprendendo mais sobre instrumentos musicais

Melhorar a coordenação motora fina, aprender teoria musical e adquirir uma interessante bagagem a respeito de história, cultura e arte.

Tocar um instrumento musical oferece muitos benefícios a quem se dispõe a aprender – estes são apenas alguns.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, não há idade para começar: é possível dar os primeiros passos no universo musical na pré-escola, bem como ao se aposentar.

Os profissionais da saúde, inclusive, recomendam que pessoas de idade se engajem nesta atividade: adquirir um novo conhecimento significa manter o cérebro em atividade, o que reduz drasticamente as chances de ser acometido por uma doença degenerativa, como o Alzheimer.

Entretanto, por mais que muitas pessoas pensem em começar a aprender como tocar um instrumento, poucas tiram os planos do papel.

Um dos principais motivos por trás disso é a desinformação a respeito do investimento necessário e dos cuidados que o item precisa.

Aprenda mais a respeito disso a seguir:

Pesquise antes de comprar

Ao aprender a tocar algum instrumento, é muito importante que o aluno se identifique com ele.

Da mesma forma, é fundamental que o item escolhido caiba no bolso: existem instrumentos das mais variadas faixas de preço.

Independentemente do item escolhido, pesquisar seu valor em diferentes estabelecimentos é fundamental.

Por exemplo: uma guitarra pode ter uma diferença de preço considerável dentre um estabelecimento e outro.

Da mesma forma, certas marcas são conhecidas por sua qualidade e tradição no mercado, o que pode fazer com que seus produtos tenham um valor mais alto do que a média.

Para quem tem um orçamento extremamente restrito, adquirir um instrumento de segunda mão é uma boa opção.

Quem pretende começar a fazer uma aula de ukulele, por exemplo, pode buscar pessoas que já tenha um item do tipo e negociar um valor mais atrativo.

Entretanto, por mais que esta seja uma boa opção para economizar, é preciso ter cuidado: verificar o estado de conservação do instrumento antes de fechar a conta é imprescindível.

Do contrário, corre-se o risco de adquirir um item de má qualidade – ou seja, é um mau negócio.

É interessante investir em aulas

Atualmente, é possível aprender praticamente qualquer coisa sozinho, graças à grande disponibilidade de informações na internet.

Entretanto, por mais que a tentação de não gastar um centavo além do investimento no próprio instrumento seja boa, este é um caso no qual o barato pode sair caro.

Afinal, caso o proprietário do item não domine todas as técnicas necessárias para tocá-lo, jamais conseguirá aproveitá-lo por completo.

Nestes casos, é interessante contar com um professor particular online ou um profissional que dê aulas ao vivo, seja em uma escola de música ou na própria casa do aluno.

Ele poderá transmitir conhecimentos fundamentais para o bom aproveitamento do instrumento, tais como:

  • Teoria musical;

  • Escrita e leitura de partituras;

  • Posições para tocar o instrumento;

  • Técnicas de afinação.

Vale ressaltar que o conhecimento das técnicas básicas é, sem sombra de dúvidas, o mais importante.

Afinal, quem não passa por uma aula de guitarra para iniciantes não terá a base de conhecimentos necessária para desenvolver técnicas avançadas.

Mantenha-o sempre limpo e bem cuidado

Assim como praticamente todos os objetos, instrumentos musicais requerem cuidados especiais para que durem tanto tempo quanto possível.

Entretanto, a rotina de manutenção necessária varia conforme o tipo do objeto: os de corda, por exemplo, requerem apenas uma rápida limpeza com pano, tanto no corpo quanto nas próprias cordas.

Porém, boa parte deles também exigem um procedimento um pouco mais complexo: a afinação.

A boa notícia é que é possível adquirir um afinador ukulele – ou para o instrumento em questão – de modo a facilitar a tarefa. Normalmente, professores de música podem orientar os alunos sobre como fazer isso.

Ainda assim, vale ressaltar que, no caso de alguns instrumentos, a afinação deve ser feita por um indivíduo qualificado.

Um bom exemplo disso é o piano: um afinador profissional deve ser o encarregado da tarefa.

Transporte-o da maneira adequada

Seja para ir até a aula de musica, para viajar ou simplesmente à casa de amigos e família para uma pequena apresentação, instrumentos musicais eventualmente têm que ser transportados.

Isso, por sua vez, deve ser feito da maneira correta, com a ajuda de um compartimento projetado especialmente para o item.

Assim, sua segurança fica garantida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *