EquipamentosProdutos

Conheça equipamentos para preservação de alimentos

A conservação dos alimentos, quando feita de forma correta, evita o desperdício e descarte de produtos que poderiam chegar a mesa dos consumidores.

Além disso, quando realizada de maneira adequada, pode ajudar a combater a criação e proliferação de enzimas e bactérias que diminuem a qualidade ou estragam os alimentos.

A preservação dos alimentos, além de ser feita em casa, deve começar nos centros de distribuição, lojas e supermercados.

Confira algumas formas de conservar os alimentos

  • Pelo calor;
  • Pelo fio;
  • Substituição de gorduras;
  • Desidratação e secagem;
  • Aditivos químicos (no caso de alimentos industrializados);
  • Local de armazenamento adequado.

Quem trabalha com o comércio de alimentos precisa se preocupar com o como armazenar ou apresentar os alimentos. Aqui vamos dar cinco de equipamentos que permitem conservá-los.

O primeiro deles e mais comum, especialmente para realizar o transporte de hortaliças, é a caixa para verduras, que pode ser encontrada em diversos tamanhos, cores e preços.

A mais costumeira é a caixa plástica vazada, de 55 centímetros de comprimento, 35 de largura e profundidade de 24 cm.

As cores são variadas, podendo ser encontradas em preto, azul, vermelho, verde, amarelo, entre outras cores.

Outro objeto bastante comum é a caixa de madeira. Os caixotes, como também são conhecidos, podem ser facilmente encontrados em lojas de materiais produzidos em madeira ou em marcenarias.

Esses produtos são feitos para suportarem um peso bastante alto e, por isso, podem servir para transportar alimentos como frutas e legumes que ocupam bastante espaço.

O valor é baixo, entre dois e cinco reais. Mas cuidado para não confundir os caixotes para transporte de com os decorativos, que são bem mais caros.

Já a caixa de isopor pode ser uma ótima opção para transportar alimentos que precisam de um ambiente de temperatura controlado isso porque o isopor absorve pouca água e também tem boa resistência mecânica e absorção de choque.

Tais atributos desse tipo material contribuem para que ele seja uma ótima escolha para transporte de alimentos ou embalagens para proteção.

Outra vantagem desse material é a possibilidade de personalização, com logos, imagens e cores do seu negócio ou produto.

A caixa de isopor personalizada apropriada para o transporte de alimentos é aquela com menor densidade.

Pois, mesmo com essa característica, ela consegue manter sua propriedade térmica, sendo capaz de sustentar a temperatura de produtos muito delicados como bolos e tortas, por exemplo.

Ainda pensando em artefatos que contribuem para manter os alimentos transportados em temperaturas mais baixas, a caixa térmica é uma outra boa opção.

Feita de plástico, ela é ótima para ajudar a proteger da ação da luz e do Sol, dois fatores que podem interferir na temperatura do que está sendo carregado.

Sua estrutura permite uma rápida limpeza, o que facilita a higienização, evitando a contaminação dos alimentos.

Sua composição, assim como o isopor, também é atóxica e não oferece nenhum tipo de risco à saúde.

Veja como armazenar alimentos

Já para garantir o armazenamento do alimento em temperaturas mais altas, existem fornos e estufas que, em sua maioria, são utilizados em bares e lanchonetes, garantindo a preservação da qualidade e temperatura de lanches, salgados, carnes, entre outros.

Muito utilizado em cozinhas industriais, os aquecedores de alimento são necessários para manter a temperatura dos alimentos suficientemente quentes para serem servidos aos clientes sem precisarem voltar para o fogão.

Já a estufa para salgados, que podem ser encontradas em diversos formatos e tamanhos são excelentes para bares, lanchonetes e padarias que querem expor seus produtos aos clientes.

Em lojas especializadas, é possível encontrar opções que podem ser apoiadas em balcões ou diretamente no chão.

Cada equipamento de preservação tem uma funcionalidade específica. É importante saber qual é a melhor opção para o seu negócio.

Para os lojistas, é importante identificar qual a melhor opção para preservar os produtos com o qual trabalha.

O que pode ser útil em um mercados de bairro ou mercearias, pode não atender às necessidades de um dono de restaurante ou padaria, por exemplo.

Não tenha medo de pesquisar qual o melhor tipo de equipamento para você e lembre-se sempre de buscar um fornecedor ou fabricante de confiança.

Afinal, todo e qualquer investimento feito no seu negócio deve valer a pena para que o retorno venha de forma rápida e satisfatória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *