AlimentosEmpreendedorismoEquipamentos

Dicas de empreendedorismo gastronômico

Muitas empresas terceirizadas trabalham com o manuseio de alimentos, no seu preparo e higienização. Essas empresas prestam serviços para outras, que servem refeição aos seus funcionários no local de trabalho.

Mas, ter uma empresa terceirizada na área da alimentação requer bastante atenção, cuidado e inovação! Para você que é empreendedor e trabalha nessa área, esse conteúdo é para você!

Empreendedorismo e refeição: como destacar sua empresa?

As empresas de alimentos que atuam de forma terceirizada precisam de credibilidade para conseguir construir seu nome e ganhar competitividade no mercado.

Por isso, é importante buscar orientação e apoio técnico ao empreendedor, com o objetivo de obter mais informações sobre esse mercado.

É necessário convencer as outras empresas contratantes de que o serviço oferecido terá qualidade, higienização e uma boa equipe atuante.

Para o empresário compensa contratar uma empresa terceirizada, porque a ideia é que ela já disponha de funcionários especializados tecnicamente tanto no preparo, como no atendimento aos funcionários e higienização do local.

As empresas buscam por soluções terceirizadas por ser mais seguro e rentável financeiramente. Além disso, a empresa terceirizada tem a função de oferecer maior comodidade aos colaboradores dentro da empresa, por meio de refeições que sejam saudáveis e um cardápio que consiga atender públicos e demandas diferentes, respeitando, por exemplo, vegetarianos.

Além disso, a empresa contratante consegue ter maior praticidade no preparo das refeições e ainda, maior conforto, por ter um próprio refeitório interno para os seus funcionários.

Outro detalhe em relação às refeições coletivas é que isso representa um cardápio moderno e com opções diferentes a depender do dia da semana. Por meio dessa ação, os funcionários se sentirão importantes para a empresa e terão um ótimo momento de almoço.

Ainda sobre a Refeição industrial, as empresas que trabalham com alimentação corporativa precisam se preocupar com outros detalhes técnicos também, como construção da sua marca e ainda, uniforme para os funcionários, até por uma questão de higiene e elemento de identificação.

Outra dica é divulgar sua empresa por meio de sites, investindo também em conteúdo digital e para redes sociais, criando um relacionamento com o cliente virtual.

Dicas de como trabalhar com alimentos

Servir alimentos é uma ação que requer bastante cuidado e responsabilidade. Isso porque o consumidor precisa ter um produto com qualidade, para que ele não passe mal ou tenha sua saúde afetada.

Por isso, para operar de fato e ter reconhecimento no mercado, é importante que o empreendedor invista em alguns aspectos técnicos.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA é o órgão responsável por fiscalizar os alimentos assim como as instalações do local. Dentre os pontos que são avaliados podemos destacar:

  • Higienização e limpeza do local;
  • Os funcionários estão com luvas e cabelo preso?;
  • Os funcionários estão sem adorno ( brincos e anel)?;
  • Os homens estão com barbas?;
  • Como o alimento está sendo manipulado?;
  • Infraestrutura da cozinha.

A fiscalização ocorre de forma rigorosa e com frequência, visando evitar danos ao consumidor e garantir maior credibilidade da empresa que está trabalhando com os alimentos.

Com essa vistoria, é possível prevenir acidentes e oferecer um produto com maior qualidade ao cliente. Um dos detalhes muito importante durante esse processo de fiscalização é verificar onde os alimentos são armazenados e como está a refrigeração dos mesmos.

Nesse quesito, é fundamental que o responsável pela empresa terceirizada e o local onde sua equipe trabalhará tenham geladeiras e freezers em boas condições, assim como outros produtos.

Por exemplo, uma estufa refrigerada pequena pode fazer toda a diferença, evitando que os alimentos acabem estragando, o que além de afetar a saúde das pessoas, causariam uma imagem muito negativa à empresa, fazendo com que a mesma perca clientes.

Para empresas que trabalham na modalidade buffet (quando um cardápio já está definido e os alimentos são servidos para que os funcionários se sirvam), é importante ter também uma estrutura adequada. Isso pode acontecer com o uso da pista para restaurante.

Esse equipamento é metálico, geralmente feito em aço inox ou alumínio que são materiais de fácil higienização, conseguem conservar o alimento com uma temperatura agradável e ainda, contribuem para evitar a proliferação de bactérias.

Tendo esses cuidados, provavelmente a empresa só tende a crescer e obter maior confiança tanto do seu público como dos órgãos de fiscalização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *