NegóciosServiçosTradução

Empresas de tradução: o que é preciso saber

Em um mundo cada vez mais globalizado, a diversidade de idiomas se mistura e, é necessário ter contato com outras línguas para aprimorar conhecimentos e fechar relações profissionais.

No entanto, em alguns casos, é preciso realizar a tradução de documentos, informações, textos e artigos, com a finalidade de deixar tudo às claras, bem como para possibilitar o acesso aos escritos para mais pessoas.

Sendo assim, as possibilidades de serviço de tradução são inúmeras, com capacidades para iniciar trabalhos em empresas já existentes, bem como abrir o próprio negócio especializado em tradução.

De acordo com os dados da consultoria americana especializada em pesquisas de mercado, a Commom Sense, o setor de traduções teve um crescimento de 57,3% no Brasil, entre os anos de 2009 a 2011. Esse cenário mostra boas perspectivas, ainda mais porque os brasileiros estão cada vez mais inseridos no mercado internacional.

Segundo o SEBRAE, o setor de traduções é formado majoritariamente por
pequenas e micro empresas, tendo uma arrecadação aproximada de US$ 18 milhões de dólares em 2011. Ou seja, é uma fonte de renda viável, com ótimas oportunidades no mercado.

De forma resumida, as empresas de tradução oferecem serviços a inúmeros estabelecimentos, tanto privados quanto públicos, pois as organizações governamentais também precisam de tradutores, pois recebem visitantes de muitos países.

O tradutor de ingles é o profissional mais requisitado por essas empresas, uma vez que a língua inglesa aparece como uma das mais faladas do mundo.

Os principais trabalhos feitos por uma empresa de tradução

Além de atuar como intérpretes, há inúmeros trabalhos que podem ser feitos por uma empresa de tradução especializada. Entre eles, destacam-se:

  • Revisão de textos em diversas línguas;
  • Tradução de livros;
  • Tradução de matérias noticiosas;
  • Interpretação consecutiva;
  • Interpretação simultânea;
  • Interpretação sussurrada;
  • Legendas de filmes e vídeos.

Há também um outro serviço de tradução específico, conhecido como tradução juramentada preço. Esse é um tipo de tradução de fé pública, que espelha oficialmente em português o conteúdo do documento original. Com isso, o documento traduzido tem existência legal no Brasil, mas não substitui o documento original.

A tradução pública juramentada deve ser feita por um profissional devidamente conhecido e credenciado como “Tradutor Público e Intérprete Comercial”, reconhecido pela Junta Comercial de cada Estado.

Vale ressaltar que o tradutor juramentado não é um cargo público, no entanto, é preciso ter autorização do Governo Federal para exercer a profissão e ser aprovado em concurso público.

Esse tipo de serviço é requisitado em alguns tipos de documentos específicos, como processos, procurações e documentos civis, como é o caso do serviço de tradução juramentada certidão de casamento.

Vale mencionar que ela também vale para contratos sociais, estatutos, registro profissional (CRM, OAB etc.), passaportes, carteiras de identidade e de motorista.

Os tradutores públicos não precisam ser necessariamente formados em línguas, mas deve aceitar um trabalho no idioma pelo qual ele é habilitado. Isso quer dizer que em casos de formação específica, como direito, engenharia ou medicina, o profissional tem uma certa facilidade na hora de traduzir certos tipos de texto.

No entanto, além da fluência na língua, o tradutor de documentos juramentados precisa comprovar a familiaridade com os costumes linguísticos, bem como a gramática e a cultura do idioma.

Exigências legais para uma empresa de tradução

As empresas de tradução precisam estar em conformidade com as exigências legais estabelecidas para os trabalhos de tradutor de artigos, documentos e intérprete, juramentados ou não.

Entre os principais documentos exigidos, encontram-se os registros junto à Secretaria da Receita Federal, para obtenção do CNPJ, os registros na Junta Comercial, os registros junto a Receita estadual, para obtenção da inscrição estadual, registros junto a prefeitura, para obtenção do alvará de localização e, finalmente, os registros na Secretaria Estadual da Fazenda.

Além disso, a empresa de tradução deve ser enquadrada na entidade sindical patronal em que se encaixa, em especial, para casos de indicação da Convenção Coletiva de Trabalho, em geral, feita pelo Sindicato Nacional dos Tradutores.

Ademais, a empresa de tradução precisa ter um bom plano de negócios e saber identificar com exatidão quais os serviços prestados.

Uma dica é colocar todas as informações principais dentro do planejamento executivo, para que os clientes possam identificar as atividades profissionais da empresa e, assim, entrar em contato pelos diferenciais que o negócio oferece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *