Empreendedorismo

Entenda quando e como encerrar uma empresa

Para todos os empreendedores, nada é mais gratificante do que abrir a sua empresa, conseguindo fazer com que ela tenha sucesso e seja de fato rentável dentro de um curto espaço de tempo.

Entretanto, nem sempre algumas empresas podem ser consideradas bem sucedidas e infelizmente, em muitos casos, elas se veem na obrigação de encerrar suas atividades.

Existe um portal na internet do Governo Federal ao qual é possível realizar a ação de fechar a empresa, o encerrar empresa mei é uma ferramenta em que o empreendedor preenche o formulário CNPJ e CPF para realizar tal ação, sendo um processo permanente.

E se por acaso for pretender retomar as atividades da sua empresa no futuro e precisou de documentações com fornecedores e clientes, será necessário passar por todo o processo de cadastro novamente.

Um empregado reconhecido como sua função informal, poderá se tornar um microempreendedor legalizado e conquistar o CNPJ, na qual facilitará a realização de uma nova conta bancária, além das solicitações de empréstimos e a emissão de notas fiscais.

Uma das maiores dúvidas que surgem entre as pessoas é se uma empresa pode fechar suas atividades mesmo contendo dívidas. Sim, é possível. Nesse caso, porém, é recomendável que os sócios efetuem os pagamentos dos débitos em aberto.

Em quais meios é possível realizar o encerramento de uma empresa?

Fechar uma empresa não precisa ser um processo longo e burocrático, hoje, é possível realizar tal ação através do meio eletrônico ou contar com um empresa de contabilidade.

Para a realização de encerramento de empresa inativa é necessário que o proprietário entre no site da Receita e a declare como inativa.

As contribuições serão obrigatórias, baseadas por órgãos representantes e para que a empresa não acumule grandes prejuízos com dívidas.

Mesmo após as fases de encerramento das funções, é preciso informar ao sindicato sobre o qual o ramo empresarial está filiada que a mesma não está mais em atividade.

Geralmente, para abrir um novo empreendimento, é comum que os investidores e empresários busquem inspiração em modelos de negócio já consolidados e bem sucedidos em outras empresas.

Entretanto, uma empresa de sucesso precisa criar uma identidade junto a seus clientes e fornecedores, ser única e se firmar no mercado como uma opção rentável e que traga um grande retorno ao microempreendedor individual.

Qual é o grande motivo da tendência de encerramento de empresas?

A crise econômica que o Brasil vem enfrentando nos últimos anos aumentou o desemprego e fez com que grande parte da população buscasse novas estratégias de trabalho, bem diferentes das tradicionais.

Talvez isso seja um motivo que grandes empreendedores e sócios enxergam esse momento como ruim para os negócios, o que prejudica ainda mais as atividades de uma empresa.

Além disso, há as contribuições mensais, que, como é de conhecimento geral, não pagá-las resulta em multas e prejuízo no bolso.

O processo de encerrar cnpj é uma das etapas finais e mais importantes para encerrar as atividades da empresa.

É preciso encerrar formalmente as atividades, comunicando à Receita Federal que o empreendedor deixou de existir como pessoa jurídica.

Ademais, existe a chance de o cancelamento do cnpj acontecer ainda por diversas razões, principalmente por resultados de liquidação extrajudicial ou até mesmo no fim de um processo de falência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *