EquipamentosServiços

Confira como é feito as instalações elétricas de um prédio

Toda edificação precisa fornecer condições de segurança para os usuários do espaço. Além disso, é importante possuam instalações elétricas de qualidade, de forma a oferecer um desempenho otimizado e seguro.

No artigo a seguir, conheça itens fundamentais quando o assunto é instalação dos componentes de eletricidade e cursos que podem auxiliar a lidar com situações de emergência ou quando o inesperado acontecer.

Estrutura

Uma das opções utilizadas e que têm fornecido soluções estáveis e seguras é a Instalação elétrica em alvenaria estrutural, que promove uma série de vantagens quando o assunto é organizar a quantidade de fios, cabos e sistemas que devem passar pela estrutura.

Algumas dicas fazem toda a diferença quando deseja-se proporcionar instalações mais seguras, em especial com a utilização de acessórios.

Uma delas é entender que os cortes feitos nas paredes, posteriormente usados para a colocação de caixas de passagem elétricas, são um dos principais motivos para que os blocos se quebrem na alvenaria estrutural.

De acordo com especialistas, o procedimento adequado é utilizar ferramentas especializadas na hora de realizar os cortes, impedindo a instalação inadequada e evitando os riscos de quebra ou desgastes.

Isso significa que a utilização de marretas e ferramentas semelhantes, que não são projetadas para um corte preciso, podem prejudicar a estrutura de forma significativa.

Outra dica é fazer a marcação dos pontos elétricos, apontando tomadas, interruptores, etc. Além disso, utilizar furadeiras adequadas e em tamanho padrão pode ser mais viável para a estrutura.

Já os eletrodutos, que se elevaram junto com a alvenaria, devem ser retirados de cada bloco antes de finalizado o processo.

Além disso, fazer a devida fixação das caixas de passagem deve ser uma prioridade nas instalações para não gerar prejuízos futuros.

A limpeza do local também não pode ser deixada de lado, já que elimina uma série resíduos de forma que não comprometam o desempenho do sistema elétrico nem interfiram na distribuição ou no fornecimento de energia.

Outra ferramenta disponível no mercado e que garante a segurança do ambiente, principalmente em situações de emergência, é o hidrante predial.

Também conhecido como “caixa de incêndio”, o hidrante é um sistema utilizado para a segurança dos moradores em casos de incêndio, de forma a auxiliar no combate ao fogo.

A ferramenta também é disponibilizada para uso em estabelecimentos comerciais. Sua instalação é primordial para garantir a segurança das pessoas que frequentam  o local.

Construir não é só colocar a mão na massa

Além de inteligência, agilidade e cuidado, o profissional da construção civil deve estar atento a uma série de documentos legais que viabilizam juridicamente um projeto ou o levantamento de uma obra.

O processo de construção e reforma, portanto, exigem a regularização perante uma série de órgãos fiscalizadores que buscam preservar a vida de todas as pessoas que vão transitar, trabalhar, se divertir ou residir no local.

As regras a serem adotadas para cada projeto pode variar de acordo com a região, o número de pessoas envolvidas, os serviços ali prestados, o porte da empresa ou condomínio, etc.

No geral os principais documentos necessários para o Licenciamento de obras e construções são:

  • Alvará de construção;
  • Ligação definitiva (energia e água);
  • Habite-se da obra;
  • Certidão negativa de débito do INSS;
  • Averbação da construção;
  • Escritura;
  • Convenção do condomínio.

Mas, se acontecer algum acidente?

Todas as medidas são tomadas para que acidentes sejam evitados.

Contudo, em casos extremos é preciso reagir de forma rápida e segura, garantindo mais chances de salvamento de vidas e a minimização de danos.

Dessa forma, um Curso de DEA pode fazer toda a diferença em situações de emergência ao preparar pessoas para lidar com incidentes.

Entre as abordagens levantadas pelo curso de Desfibrilador Externo Automático estão:

  • Identificação de emergência;
  • Parada cardiorrespiratória;
  • Massagem Cardíaca Externa;
  • Desfibrilação;
  • Queimaduras e traumas;
  • Métodos de prevenção;
  • Suporte emocional.

O mais importante é que a estrutura predial apresente, além de espaços confortáveis e aconchegantes, a certeza de segurança e proteção para todas as pessoas que ali transitam.

Favorecendo um ambiente tranquilo, em especial quando a preparação para situações de risco envolve todos os setores e, assim, promove a otimização da segurança interna por meio, inclusive, de uma nova atitude organizacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *