EquipamentosSegurançaServiços

Itens relevantes para bombeiros e seus serviços

Os equipamentos de proteção individual, conhecidos com EPI’s são de suma importância para evitar acidentes e ajudar a manter a integridade física de um funcionário enquanto ele executa a sua atividade. Eles podem ser vistos, principalmente, em obras e indústrias. No entanto, são essenciais nos serviços do corpo de bombeiros.

O Ministério do Trabalho exige que as empresas cumpram determinadas normas de segurança, visando proteger os colaboradores de possíveis acidentes e conferir a eles todos os seus direitos.

No caso de empresas da área química, por exemplo, é obrigatório o uso de alguns equipamentos que protegem o trabalhador, evitando ferimentos, doenças e, muitas vezes, até acidentes que podem ser fatais.

Nesses casos, o uso de luvas de proteção epi, respirador, creme protetor, sapato epi, avental e outras roupas apropriadas são alguns dos exemplos dos itens que os trabalhadores desse segmento devem utilizar para ficarem mais seguros enquanto desempenham os seus serviços.

Todas as empresas devem fornecer todo o material adequado para que o funcionário execute o seu trabalho de forma confortável e segura. Isso auxilia também a máxima produtividade.

O Equipamento de Proteção Individual, como o oculos de proteção, como o nome já diz, são de uso individual, necessário nos casos em que as medidas de proteção coletiva não forem suficientes para garantir a segurança, evitando riscos de acidentes de trabalho ou riscos de doenças por motivos de desempenhar determinada função.

Equipamentos de segurança necessários para bombeiros

Quando se pensa em bombeiro, logo vem à mente os incêndios. No entanto, a função de um bombeiro engloba muito mais do que só apagar fogo.

Para se ter uma ideia, eles cumprem funções na área de proteção civil, como:

  • Salvamentos aquáticos ou de afogamentos;
  • Intervenção em acidentes elétricos ou com materiais perigosos;
  • Atendimento de emergências médica;
  • Captura de animais perigosos;
  • Corte de árvores com risco iminente de queda;
  • Resgates em geral.

Dessa forma, para realizar todas essas funções com segurança, os bombeiros precisam utilizar equipamentos de proteção.

Os EPIs mais usados por bombeiros são: Alerta de homem morto – PASS (Personal Alert Safety System), balaclava, botas de combate a incêndio, capacetes para diferentes situações, equipamento de proteção respiratória, lanterna, luvas, rádio comunicador, colete salva-vidas, entre outros.

Algumas empresas optam pela terceirização de bombeiro civil, uma opção que pode ser vantajosa, pois ela vai operar na legalidade, contando com a atuação de um bombeiro profissional vinte e quatro horas por dia, durante todos os dias da semana, tendo um custo-benefício bem melhor.

Auto de vistoria do corpo de bombeiros

Entre as funções exercidas, o Corpo de Bombeiros emite um certificado garantindo que foi feita uma vistoria em determinada edificação e que ela possui todas as condições de segurança contra incêndio exigidas pela legislação e constantes no processo.

Esse certificado, conhecido como auto de vistoria do corpo de bombeiros (avcb) deve ser revalidado conforme a estipulação dada por eles.

Dentre as exigências de segurança, estão todas as medidas estruturais, técnicas e organizacionais integradas que garantem proteção à edificação, principalmente no quesito de segurança que envolve incêndios e pânico.

O auto de vistoria é obrigatório em casos de construção e reforma, mudança da ocupação de uso, quando a área a ser construída vai sofrer ampliação, na regularização de edificações e de áreas de riscos e para regularizar construções provisórias, como circos e eventos.

No entanto, vale frisar, que o avcb não é obrigatório em casos de residências familiares.

O que é a brigada de incêndio?

A brigada de incêndio é composta por um grupo de pessoas de uma empresa ou estabelecimento que possuem treinamento e capacitação suficiente no combate de um incêndio, sabendo como lidar nesses casos, prestando os primeiros socorros às vítimas.

Os brigadistas também devem auxiliar na prevenção de incêndios conhecendo totalmente a planta do local, como também conhecer qual é o plano de emergência a ser tomado em caso de incêndio.

Eles precisam avaliar todos os riscos existentes no local, além de verificar se as rotas de fuga estão desimpedidas e se há todos os equipamentos necessários para combater incêndios, como o exaustor industrial.

Caso encontrem irregularidades, é função da brigada de incêndio fazer um relatório com o registro de todas elas. Além disso, é importante fazer, constantemente, a simulação de exercícios de emergência, para ver se todo o sistema está funcionando adequadamente e, assim, garantindo mais segurança ao local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *