EquipamentosLogísticaNegócios

Logística interna facilitada com uso de máquinas eficientes

A movimentação de cargas em um ambiente de trabalho deve ter todo o cuidado de segurança, com o uso de equipamentos eficientes, que possam ajudar os operadores a transportar tanto materiais leves, como materiais pesados entre ambientes, de acordo com a capacidade do maquinário disponível.

Operação de transporte de cargas

O setor industrial, com fábricas dos mais variados produtos que são produzidos para o mercado consumidor, precisa trabalhar com matéria-prima pesada, que chega por meio de fornecedores e alocados em depósitos.

Devido a isso, há a necessidade de transportar tais itens para a manufatura.

Este encaminhamento pode ser realizado com o uso de máquinas de transporte, que atendem uma gama infinita de aplicações neste setor.

Os canteiros de obras também precisam de máquinas de movimentação, para o transporte de materiais da construção civil, como sacos de cimento, sacos de areia e sacos de pedras. Tijolos, blocos de concreto e telhas também são transportados com o uso deste tipo de máquina, o que agiliza, de forma excepcional, o trabalho a ser realizado.

Toda as movimentações podem ser feitas com uma empilhadeira, que tem autonomia para a realização de diferentes trabalhos, como carregar caminhões, transportar matéria-prima e realizar a organização de materiais em depósitos, armazéns e galpões.

Como há diferentes modelos de empilhadeira, é preciso verificar qual atende, da melhor forma, a tarefa que deve ser realizada.

Em supermercados, hipermercados e lojas de departamentos, o uso de uma empilhadeira manual é mais comum, pois o custo de um equipamento deste porte atende de maneira satisfatória todos os serviços que devem ser realizados, dentro dos depósitos deste modelo.

Para isso, algumas empresas disponibilizam aos operadores uma empilhadeira elétrica, que não é um emissor de gás carbônico, podendo ter o livre uso em espaços fechados.

Quando o espaço é aberto, com uma quantidade de material maior para movimentação, com cargas que chegam a toneladas, as empresas devem disponibilizar aos funcionários uma empilhadeira a combustão, para que possam realizar os serviços de maneira segura e tendo a versatilidade de movimentação e alcance bem maior.

Este tipo de equipamento é encontrado em fábrica e canteiros de obras, mas seu uso está mais atrelado às docas e cais do porto, onde são bastante eficientes no carregamento e descarregamento de navios.

Apesar de ter diversas aplicações, a empilhadeira pode ser substituída, em alguns casos, pela paleteira.

O mercado oferece diferentes modelos, que pode ser manual ou elétrica e possui um custo de investimento bem menor, pois o levantamento de carga, na maioria dos casos, não pode ultrapassar uma tonelada.

Por isso, o mais indicado para o uso deste tipo de equipamento é deixá-lo mais restrito a alguns ambientes de trabalho.

Ainda assim, sua aplicabilidade pode ser o suficiente para atender empresas de pequeno e médio porte de maneira satisfatória.

Entre as características deste tipo de meio de transporte comercial, podemos destacar:

  • Manuseio fácil para o operador, entre empurrar e puxar;
  • Transporte de paletes de maneira equilibrada;
  • Equipamento eficiente para transporte de cargas;
  • Rodas antiderrapantes, para diferentes pisos.

A estrutura deste tipo de equipamento deve ser levado em consideração, pois suas peças permitem o travamento automático, conforme a inclinação do piso em que o transporte está sendo feito.

Vale ainda mencionar que algumas paleteiras oferecem, em sua estrutura, uma balança para a verificação de carga a ser transportada e facilitar a organização do depósito em que toda a carga está sendo alojada.

Manutenção para aumentar vida útil

Com os devidos cuidados no uso de uma empilhadeira, sua vida útil pode ser bem longeva. Em alguns momentos, é preciso manter a manutenção preventiva, com a troca de algumas peças essenciais, para que o funcionamento continue sendo eficiente.

Muitas vezes , a troca do banco para empilhadeira pode ajudar na melhor postura do condutor, contribuindo para a segurança do trabalho dos funcionários.

Existe, também, a possibilidade de fazer combinações entre as peças das máquinas, unindo empilhadeira com paleteira.

Nestes casos, é preciso verificar a quantidade de carga que pode ser elevada e se existe a necessidade de substituir peças da motorização do equipamento.

Em casos que apareça a dificuldade na ligação da máquina, a substituição do alternador de empilhadeira pode ser uma manutenção eficiente, que solucione o problema.

Desta forma, o equipamento pode facilitar muito a organização, o transporte e em toda a logística, seja no setor industrial, construção civil, ou empresas de serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *