EquipamentosIndústriaOrganizaçãoUniformes

O uniforme ideal para os seus funcionários em fábricas

Criação de uma atmosfera profissional, identificação dos colaboradores da empresa e sensação de unidade e sinergia. Essas são algumas das vantagens proporcionadas pelo uso do uniforme no ambiente de trabalho, mesmo que ele seja uma simples camiseta customizada com a logomarca do estabelecimento.

Apesar disso, é preciso ter em mente que, para que todos esses benefícios se concretizem, é fundamental que as peças usadas pelos funcionários sejam desenhadas da maneira correta e com ajuda profissional.

Caso contrário, elas se tornarão desconfortáveis, o que, por sua vez, pode prejudicar até mesmo a produtividade e a segurança da equipe.

Felizmente, por mais que o desenho de uniformes seja algo complexo, essa tarefa está longe de ser impossível. Confira, a seguir, algumas dicas fundamentais para desenhar as peças que serão usadas pelos colaboradores da sua fábrica, de modo a obter todos os benefícios possíveis trazidos pela prática.

  1. Considere a identidade visual do negócio

Toda e qualquer empresa deve ter uma identidade visual. Trata-se de um conjunto de signos não verbais que servem para identificar o estabelecimento, mesmo que não haja nenhum elemento verbal presente.

Por conta disso, é comum que, ao desenhar uma camiseta de uniforme para empresa, um designer analise a comunicação visual daquele estabelecimento: é desejável que seus elementos estejam presentes nas roupas.

Apesar disso, é preciso ter em mente que, se a identidade visual tiver cores muito vivas, como o laranja e o amarelo, é preciso usá-las com cautela.

Isso porque, como elas são muito marcantes, podem fazer com que as peças fiquem visualmente pesadas se usadas em excesso.

  1. Pense no conforto e na praticidade

Boa parte dos funcionários de fábricas tem funções braçais. Por conta disso, é preciso que essa característica seja levada em conta no momento de desenhar a roupa que será usada por esses funcionários: uma calça masculina, por exemplo, não pode prejudicar a mobilidade do trabalhador.

Ao mesmo tempo, é interessante que a resistência do tecido seja acima da média, também devido às características das atividades.

  1. Não se esqueça das atividades de risco

Além das atividades braçais, a atividade industrial também envolve muitas tarefas de risco. Entre elas, estão:

  • Trabalho em altura;

  • Manipulação de químicos corrosivos;

  • Trabalho confinado;

  • Manipulação de máquinas pesadas.

Por conta disso, ao projetar o traje dos funcionários, isso também deve ser levado em conta.

Por exemplo: Uma calça uniforme brim não é a melhor opção para tal ambiente, já que se trata de um tecido pesado e que restringe os movimentos, algo que pode colocar a integridade física dos colaboradores em risco.

Além disso, é preciso que as roupas sejam desenhadas de modo que não interfiram nem dificultem o uso dos equipamentos de proteção individual (EPIs).

Para se ter uma ideia, camisetas personalizadas largas demais dificultam o uso de itens como os coletes de sinalização. Assim, devem ser evitadas.

  1. Renove os uniformes periodicamente

Por mais que os uniformes industriais tenham entre as suas funções a promoção do conforto e da segurança da equipe, eles fazem muito mais do que isso.

Como as peças costumam contar com a identidade visual do estabelecimento, elas também podem servir como ferramentas de promoção interna, ou até mesmo de gestão de pessoas.

Por exemplo: Digamos que a empresa esteja fazendo aniversário, ou mesmo tenha batido uma meta importante, como estar entre as mais importantes do seu setor.

Nessas situações, é interessante investir em edições especiais do traje, como comemoração. Neste caso, a roupa acaba funcionando como estratégia para motivar a equipe, aumentando sua satisfação e produtividade.

  1. Disponha de roupas para datas especiais

Apesar de os uniformes serem mais usados no ambiente de trabalho, nada impede que a empresa também crie peças especiais, para serem usadas em ocasiões igualmente especiais.

Em eventos corporativos, por exemplo, como aqueles de integração e que celebram datas especiais, é comum que haja a distribuição de camisetas especiais aos colaboradores. Trata-se de uma boa estratégia de motivação e gestão de pessoas.

Vale ressaltar que, nesse caso, a estratégia só vai funcionar se as peças forem realmente diferenciadas. Por mais que seja possível comprar camisetas personalizadas atacado, isso deve ser feito apenas para adquirir as peças básicas.

Isso porque a customização deve ser feita com cuidado, de modo que os funcionários se sintam realmente valorizados por fazer parte daquele momento importante junto à empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *