EmpreendedorismoEmpresas

Por que adotar o onboarding em sua empresa?

Se você ainda gasta muito tempo investindo para o novo colaborador alcançar o potencial máximo, saiba que o onboarding pode otimizar esse processo. 

Isso acontece, porque o principal objetivo dessa ação é receber esses profissionais para capacitá-los e familiarizá-los com as boas práticas da organização, a fim de entregar resultados. 

Com as mudanças da era digital acontecendo tão rapidamente, as empresas enfrentam desafios constantes para atender às novas perspectivas do mercado. 

Por esse motivo, os colaboradores precisam se adaptar logo para desenvolver as softs skills necessária. 

Porém, a boa notícia é que tudo isso pode ser alcançado por meio de um onboarding bem estruturado. 

Achou essa estratégia interessante? Então, confira abaixo quais são as vantagens em investir nessa tática.

Fornecimento de orientação adequada

Ter uma comunicação clara é essencial para o bom relacionamento da equipe, porque favorece o entendimento das informações e o aumento dos resultados no trabalho. 

O onboarding permite alinhar essa comunicação por meio de treinamento e instruções claras sobre a rotina de tarefas e o desempenho das funções.

É comum o colaborador chegar na organização com antigos costumes, decorrentes de trabalhos anteriores, o que pode ser ruim para o andamento da empresa. 

Porém, se ele não souber disso ou não receber orientação adequada, pode continuar mantendo os velhos hábitos. 

O onboarding evita que o profissional cometa erros por falta de conhecimento, garantindo eficiência durante a rotina.

Redução dos índices de turnover

A rotatividade é o maior indicador de gargalos no recrutamento e seleção, entretanto, nem sempre a raiz do problema está no processo seletivo. 

Afinal, a falta de comunicação e treinamento durante o período de experiência do colaborador também pode ocasionar em turnover.

Com um processo de onboarding, o colaborador fica integrado às estratégias da organização, melhorando o clima e aumentando os índices de felicidade. 

Dessa maneira, é mais difícil o profissional pedir desligamento da empresa. Além disso, o turnover involuntário também tende a reduzir, uma vez que a empresa trabalha o desenvolvimento do profissional, ajudando-o a atingir os níveis de performance necessários.

Aumento da produtividade

O alinhamento de processos e fluidez na comunicação proporcionado pelo onboarding também impacta na produtividade da equipe. 

Afinal, ele evita falhas operacionais que podem desencadear problemas como conflitos no time, clima ruim e insatisfação no trabalho. Dessa maneira, o setor mantém uma relação harmoniosa na qual todos saem ganhando.

Além disso, as atribuições do cargo ficam bem definidas, alinhando as expectativas do colaborador com a organização. Isso garante mais entendimento do colaborador sobre as suas responsabilidades e a quem ele deve recorrer quando precisar de ajuda.

Implementação da cultura da empresa

Para implantar um processo de onboarding, é preciso conhecer a cultura organizacional e estabelecer o conjunto de comportamentos que a empresa quer adotar. 

Por esse motivo é que são aplicadas diversas ações, como as que citamos abaixo:

  • Definição clara de missão, visão e valores; 
  • Alinhamento do propósito da empresa com os objetivos dos colaboradores; 
  • Criação de manual com boas práticas; 
  • Comprometimento dos líderes em disseminar a cultura; 
  • Formação de processos direcionados a atender às expectativas da empresa; 
  • Promoção da saúde e bem-estar no trabalho; 
  • Acompanhamento dos níveis de satisfação e atingimento dos resultados.

O que isso significa? Que todas essas informações relevantes são apresentadas ao colaborador logo no começo da sua jornada na empresa, permitindo que as expectativas sejam transparentes. 

Isso contribui diretamente para o envolvimento do colaborador, como veremos a seguir. 

Maior engajamento dos colaboradores

Os colaboradores que se identificam com o propósito da empresa desenvolvem visão de dono, porque se preocupam em atingir os resultados esperados. 

Como eles entendem a importância do plano de metas para alcançar as estratégias estabelecidas, desenvolvem mais autonomia e melhoria do desempenho no trabalho.

Por consequência, os índices de absenteísmo tendem a cair, pois, na maioria das vezes, ele é um sintoma de exaustão proveniente de profissionais que não se identificam com as tarefas que realizam. 

Ou seja, o onboarding ajuda o colaborador a concluir sua jornada de trabalho, porque ele passa a valorizar cada momento das suas atividades.

Experiência de contratação diferenciada

Talvez você já saiba que a transformação digital tem influenciado no comportamento do consumidor. 

Afinal, o cliente valoriza mais a experiência de compra do que características como preço e qualidade do produto. 

Isso acontece devido ao aumento da concorrência no mercado. Contudo, o que talvez você não saiba é que esse comportamento também tem sido adotado no relacionamento com o público interno.

Investir na experiência do colaborador já é uma prática utilizada por líderes de vários países, segundo um estudo feito pela Gallup

Os profissionais estão mais críticos quanto à escolha e permanência na empresa e os resultados dessa experiência podem propagar, tanto detratores quanto promotores da marca, devido ao alcance que esses feedbacks chegam às mídias digitais. 

Construção da marca empregadora

Uma empresa que proporciona boa experiência aos colaboradores tende a ser atrativa no mercado para outros profissionais. 

Isso aumenta o diferencial competitivo entre os concorrentes e proporciona uma série de benefícios, como:

  • Atração e retenção de talentos; 
  • Redução de custos com treinamento; 
  • Ganho de produtividade na equipe. 

Ao investir no onboarding, a organização transforma os próprios colaboradores em verdadeiros embaixadores da marca no mercado, pois eles passam a elogiar a empresa aos amigos e familiares. 

Dessa maneira, além de atrair profissionais de alta performance, a estratégia favorece o empoderamento da marca, despertando o interesse também de clientes, bons fornecedores e parceiros de negócios.

O onboarding é muito mais do que um simples treinamento. Ele é uma prática necessária para incluir os colaboradores na empresa. 

Esse alinhamento permite integrar o profissional à equipe para alinhar suas expectativas pessoais com os objetivos da organização. 

Para isso, você pode começar contando a história da empresa de uma maneira envolvente e explicando qual o propósito por trás do negócio.

Porém, isso não para por aí. O processo de onboarding também precisa esclarecer as boas práticas da empresa e apresentar as pessoas-chave da equipe, alinhando-as com as atribuições do cargo. 

Por fim, apresentar as instalações e contar algumas curiosidades permitirão que o colaborador se apaixone ainda mais por seu novo lar!

Percebe como o onboarding é fundamental para uma gestão de pessoas eficiente? Quer receber mais conteúdos atualizados? Então, siga as nossas redes sociais — Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter!

Esse texto foi produzido por Reachr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *