Empreendedorismo

Quer abrir um novo negócio? Conheça essas opções!

Pese a todas as dificuldades do país, o Brasil é uma nação de empreendedores. Só em 2016, mais de 950 mil novos negócios foram oficializados junto aos órgãos competentes.

Entretanto, o tipo de empreendedorismo que cresce no Brasil é o chamado de necessidade. São pessoas que, frente às taxas crescentes de desemprego, preferem criar a própria fonte de sustento do que buscar um emprego tradicional.

Consequentemente, as taxas de sucesso são baixas. Isto pois os negócios abertos nesse contexto costumam nascer sem muito planejamento ou estudo do setor, o que tende a prejudicar o seu desempenho.

Ainda assim, buscando a consultoria de profissionais especializados, é possível abrir um estabelecimento próspero.

Tudo começa com a opção por um setor como o qual o empreendedor se identifica e entende – ou, pelo menos, está disposto a entender. Confira algumas ideias a seguir:

Floricultura

Seja em aniversários, casamentos ou formaturas, flores costumam ser um presente comum em ocasiões especiais. Por conta disso, uma floricultura pode oferecer produtos e serviços tais como:

  • Buquês de noiva;

  • Fornecimento de flores para a decoração de festas;

  • Pequenos arranjos para serem dados de presente;

  • Projeto, criação e manutenção de jardins.

Da mesma maneira, ela pode aumentar sua margem de lucro oferecendo produtos que costumam ser presenteados junto com as flores. Alguns bons exemplos são chocolates, cartões e até mesmo bichos de pelúcia.

Além disso, o estabelecimento também pode fornecer itens para ocasiões mais tristes, mas igualmente sentimentais. A coroa de flores para funeral, por exemplo, é um presente que as pessoas costumam oferecer quando um ente querido falece.

Entretanto, a gestão do negócio deve ser acompanhada de perto pelo proprietário. Afinal, assim como os alimentos, flores são artigos perecíveis.

Logo, a quantidade a ser comprada de fornecedores deve ser meticulosamente planejada conforme a demanda. Do contrário, haverá desperdício – e, consequentemente, prejuízo.

Serviços para piscina

Nos dias quentes de verão, poucas coisas são tão boas quanto um banho de piscina. Por conta disso, muitas pessoas investem em uma estrutura do tipo em sua casa: além de uma opção de conforto e entretenimento, isso valoriza o imóvel.

A grande variedade de formatos e tamanhos de piscina de fibra presentes no mercado é outro fator que anima os interessados: é possível escolher o modelo perfeito para o local.

Entretanto, ter uma casa com piscina também faz com que alguns serviços extras sejam necessários: a bomba de água precisa de manutenção, a estrutura precisa de limpeza e a água deve ser mantida livre de agentes que podem prejudicar a saúde de quem se banha nela.

Por conta da complexidade destas rotinas de cuidado, boa parte das pessoas optam por terceirizá-los, contratando uma empresa especializada. Isso, por sua vez, cria uma oportunidade de negócio interessante para quem pretende empreender.

A vantagem de optar por este segmento é a possibilidade de começar como um trabalhador autônomo, o que reduz drasticamente o investimento necessário para começar o negócio.

Por mais que seja preciso fazer um curso de limpeza de piscina e adquirir alguns equipamentos, o empreendedor poderá se formalizar como MEI, o que é muito mais rápido e barato, além de menos burocrático.

À medida que o negócio crescer, ele pode contratar funcionários e migrar para outro regime tributário.

Escola náutica

Certas regiões do Brasil, principalmente a Nordeste, exploram suas praias para desenvolver potencial turístico.

Com isso, surge toda uma estrutura de hotéis, bares, restaurantes e muito mais.

Entretanto, há outra possibilidade de negócio neste meio, que nem sempre é considerada: uma escola náutica para mestre amador, que ensina a pessoas interessadas os princípios da navegação.

Também é possível oferecer serviços correlatos, como aulas de mergulho e locação de embarcações.

Despachante

A burocracia é apontada como um dos grandes problemas do Brasil.

Seja para abrir um negócio, comprar um carro ou tomar um empréstimo, é preciso reunir muitos documentos, e apresentá-los corretamente ao órgão competente. Qualquer erro pode deixar o processo consideravelmente mais demorado.

Isso, contudo, gera uma oportunidade de negócio: a de oferecer serviços de despachante.

Este profissional é especializado em intermediar as relações entre seus clientes e os órgãos competentes, oferecendo todas as orientações para que o trabalho burocrático seja rápido e eficiente.

Vale ressaltar que, em algumas localidades, há uma certa carência em profissionais especializados em determinadas áreas. Por exemplo: em uma cidade litorânea, tornar-se despachante nautico pode ser um bom negócio.

Já em um grande centro, trabalhar com vistos para países estrangeiros pode ser uma ideia melhor. De qualquer forma, é preciso analisar o cenário em questão e identificar suas carências e oportunidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *