CursosEducaçãoMundo infantil

Saiba como escolher o ensino nas diferentes fases da criança

Uma das situações mais complicadas das vidas dos pais de primeira viagem é quando chega a hora de escolher a primeira escola dos pequenos.

Além de ser o momento que inicia o desprendimento dos pequenos do ninho, as possibilidade da educação infantil são enormes e podem assustar quem não está ambientado ao assunto.

A responsabilidade e pressão de escolher aquela que parece ser a escolha mais acertada também pesa aos ombros e, por isso, é preciso pesquisar e estar atento a tudo que diz respeito a esse assunto.

Conheça algumas possibilidades de educação infantil que podem te ajudar a escolher com sabedoria o que é melhor para o seu filho ou filha:

Berçário e creche

Caso a criança tenha menos de dois anos, é interessante optar por um berçario e creche, para que ela tenha os primeiros passos fora de casa dados de maneira mais atenciosa e assistida por profissionais devidamente capacitados para este tipo de faixa etária.

Mais ainda, é preciso que os profissionais consigam dar toda a atenção que esta idade específica exige, sem que seja feito um desprendimento tão grande da influência dos pais nas suas vidas e sem que ela sinta tanta a diferença da primeira grande saída do lar.

Em berçario e creche, o trabalho é mais voltado para o aprendizado sistemático da criança, sem que hajam aulas muito específicas e voltadas a um conteúdo propriamente dito.

Nesta idade, é importante que a criança tenha a sua curiosidade despertada e seus sentidos estimulados. Nestes locais, as crianças menores de dois anos conseguem atrelar o ato de brincar com o desenvolvimento de certas habilidades, que conseguem fazer com que elas conheçam os seguintes diferentes tipos de situações:

  • Formas;
  • Texturas;
  • Cores ;
  • Sons;
  • Tamanhos.

Além disso, essa é a primeira vez que elas irão aprender a lidar com a diferença propriamente dita, uma vez que se trata da primeira vez que elas terão de lidar com pessoas de fora do seu ambiente familiar e com outras crianças.

Com essas outras crianças, além de aprender a dividir os brinquedos e a atenção, elas irão perceber que existem diferentes cores e personalidades, fazendo com que, conforme cresçam, estejam melhores dispostas a aprenderem com as diferenças do que a repeli-las,

No berçario e creche, como serão cuidadas por professoras e cuidadoras, as crianças também conseguem desenvolver a confiança, já que estarão em contato com outras figuras protetoras que não o pai, a mãe e a família como um todo.

Escola infantil particular

Conforme vão crescendo e não sejam mais aceitas em berçários ou creches, é importante escolher uma escola propriamente dita para que as crianças continuem o seu desenvolvimento.

Caso caiba no seu orçamento, é interessante considerar alguma entre as escolas particulares mais próximas da sua casa, para que haja um conforto alcançado graças à proximidade.

Para que seja garantido que aquela é a melhor escolha para o desenvolvimento do seu filho, ouça o que outros pais têm a dizer a respeito do ensino, dos professores, das aulas extracurriculares, do material didático e de tudo que poderá influenciar na sua escolha.

O projeto educação infantil é tão importante quanto qualquer outro projeto de educação que possa ser criado e trabalhado, uma vez que consta na base da pirâmide do aprendizado de um ser humano.

Caso seja do seu gosto, é possível optar, por exemplo, por uma escola de princípios católicos, uma que possua princípios disciplinares militares, algumas mais modernas ou aquelas que possuam um forte currículo voltado aos esportes ou ao desenvolvimento de outra língua, por exemplo – como é o caso das escolas bilíngues.

Opcionais como outros esportes, aulas de dança, clubes de xadrez, grandes bibliotecas e olimpíadas externas também podem ser levados em conta na hora de escolher a melhor escola infantil particular.

Coworking fashion

Tendência em todas as outras categorias, não é por acaso que surgiu o coworking fashion, voltado para o trabalho coletivo de produção de moda.

De modo geral, o serviço funciona da seguinte maneira: um espaço com todo o material necessário para que seja realizado um trabalho de qualidade de moda é montado e há uma taxa de permanência que pode ser cobrada de maneira mensal, semanal ou por hora, para que ele seja utilizado.

Portanto, quem não deseja investir no próprio equipamento ou no próprio espaço consegue realizar o trabalho de maneira ideal no coworking fashion.

O serviço pode ser tanto uma opção para o futuro empreendimento do seu filho, como também há parcerias de algumas escolas para o desenvolvimento de atividades extra-curriculares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *