SegurançaTrabalhador

Saiba tudo o que precisa sobre segurança do trabalho

A segurança do trabalho é algo crucial, não apenas para que as corporações estejam de acordo com as normas vigentes, como também para que os profissionais possam atuar de forma adequada, prezando pela prevenção de doenças ocupacionais e acidentes.

Por esse motivo, trata-se de um conjunto de normas e medidas preventivas que são relacionadas aos mais variados aspectos, uma vez que há setores diversos no mercado. Alguns exemplos de medidas adotadas, são:

  • Uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI);
  • Controle de condições de risco;
  • Fiscalização;
  • Identificação de riscos ambientais;
  • Medidas de conscientização.

Dessa forma, é possível preparar e conscientizar os colaboradores, além de evitar também afastamentos devido a doenças e acidentes em potencial que poderiam ocorrer devido à atividade ou ambiente profissional, de acordo com o setor.

plano de abandono também é uma medida importante, principalmente para amenizar os danos em caso de desabamentos e incêndios.

Um elemento de grande destaque nesse caso é a rota de fuga, pois se refere a um trajeto elaborado com cautela para o uso em situações emergenciais. É uma forma de viabilizar uma evacuação organizada e mais segura.

Para que isso seja possível, é importante que exista uma sinalização adequada e um planejamento minucioso. A atuação da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) pode ser decisiva nestes casos, pois auxiliar em situações de perigo é uma das premissas da comissão.

Sua formação é obrigatória para empresas que contam com mais de 20 funcionários. Ainda mais, também é importante citar que todo o grupo é constituído pelos colaboradores, assim como as eleições também ocorrem neste meio e essas pessoas recebem treinamentos e orientações para contribuir com a prevenção de acidentes e doenças.

O que é PPRA NR 9?

Antes de apresentar de maneira específica o que é a ppra nr 9, é importante ressaltar que em prol da saúde e segurança do trabalho, existem várias normas e muitas delas apontam programas de prevenção e controle, que são obrigatórios para muitos empregadores.

São dois exemplos interessantes os ppra e pcmso, que correspondem ao Programa de Prevenção de Riscos Ambientais estabelecido pela NR 9 e ao Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, indicado pela NR 7.

A Norma Regulamentadora 9 aponta a obrigatoriedade para todos os empregadores, de estruturar e implementar o PPRA, priorizando a saúde e integridade dos colaboradores por meio da identificação, antecipação, análise e controle dos riscos existentes, e situações com riscos em potencial.

Para a estruturação, é indispensável que diversos aspectos sejam atendidos, como um planejamento anual com prioridades e cronogramas, estratégias, entre outros.

É fundamental que exista atenção em cada passo da estrutura e do desenvolvimento, principalmente para que o controle de riscos seja efetivo.

Como é o curso nr10?

O curso nr10 corresponde ao preparo de profissionais para atender à Norma Regulamentadora 10 que aborda a segurança em instalações e serviços relacionados à eletricidade.

Sendo assim, é um curso de aperfeiçoamento profissional, importante, principalmente, para garantir a segurança dos trabalhadores que atuam nesse meio.

Naturalmente, a programação, grade horária, entre outros fatores podem variar de acordo com a instituição de ensino, mas de forma geral, o curso aborda os riscos elétricos, prevenção e combate a incêndios, além de primeiros-socorros, sendo o conteúdo de maior destaque o de riscos elétricos, que abrange procedimentos a serem realizados, equipamentos de segurança, medidas de controle, principais acidentes e outros assuntos relevantes.

No momento de procurar, é interessante estar atento aos pré-requisitos, o tipo de curso, se a instituição tem embasamento legal, qual é a carga horária, objetivos e se apresenta algum tipo de certificado. Dessa maneira, pode-se ter uma confiabilidade maior do local onde o estudo será realizado.

Características do atestado demissional

Assim como o exame admissional, o atestado demissional também tem grande importância. O primeiro caso é requisitado antes da consolidação do contrato de um empregado e consiste em um exame médico justamente para atestar se o profissional está apto para desempenhar sua função.

Tal exame também tem grande importância na demissão e é realizado em prol de atestar as condições de saúde do funcionário no desligamento da empresa.

É algo que pode ser importante também para detectar se o colaborador foi desligado com problemas relacionados ao trabalho.

Não apenas os exames, como todos os elementos apresentados ao longo do texto, são cruciais para a segurança do trabalho e por esse motivo, é importante que os empreendedores priorizem cada medida, buscando assim proporcionar um ambiente adequado para cada colaborador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *