EmpreendedorismoEmpresasSegurança

Segurança da Informação: em que investir para sua empresa

Certamente, você sabe que a segurança da informação é uma das bases das empresas contemporâneas. 

Uma vez que, sofrer com um ataque hacker, ter informações roubadas ou acontecer uma falha de segurança nos sistemas internos da organização pode definir o futuro de um negócio.

É bem provável que você já tenha ficado sabendo ou lido em algum lugar que alguma empresa teve seu sistema violado ou os dados foram interceptados por cibercriminosos. 

Pois é, tais tipos de ataques à segurança cibernética estão se tornando cada vez mais comuns.  

Deste modo, é preciso que toda empresa usufrua de um sistema de segurança da informação, que assegure que seus dados estejam seguros. 

Pensando nisso, será apresentado a relação custo-benefício em investir na proteção do bem mais precioso para a sua empresa: as informações.

Mais ainda, saiba em que você deve investir para tornar o serviço de segurança da informação eficaz e colher inúmeros benefícios a curto e longo prazo. Continue a leitura!  

Entenda os riscos

Uma das maiores causas de insegurança entre os empreendedores é saber que ninguém está imune à ataques cibercriminosos. Alguns exemplos são, o cavalo de troia, ransomware, phishing, brute force, zero day, dentre outros.

Assim, um ataque hacker como o do ransomware funciona como um sequestro. 

Nesse caso, trata-se de um sequestro de dados que, além de bloquear o computador, servidor ou smartphone do usuário, tem como objetivo impedir que quem sofreu o ataque não consiga mais acessar suas informações, então o cibercriminoso pedirá um resgate. 

O indivíduo terá de pagar o hacker em troca de recuperar suas informações. Outro ponto é que em um ataque desses, os dados podem ser criptografados e só poderão ser recuperados mediante a inserção de uma chave que apenas o sequestrador tem.

Os ataques, em sua maioria, são feitos através de e-mails maliciosos ou sites comprometidos. Assim, quando o usuário abre o e-mail, website ou clica em algum link dele, sua máquina e sistemas são infectados. 

Desse modo, para conseguir se livrar de ter suas informações roubadas ou prejudicar sua empresa, veja quais mecanismos você pode adotar para garantir a segurança do seu negócio.

Invista em backup

Para evitar perder todas as suas informações devido a uma investida criminosa, faça backups periodicamente. 

A retenção de backup em outro local, ou melhor, o backup em nuvem, é uma garantia de que as informações da sua empresa estarão salvas em outro lugar, além do dispositivo que foi infectado. 

Lembre-se que, para sua segurança e do seu negócio, os backups devem ser feitos com frequência. Por isso, defina uma periodicidade, pois de nada vai adiantar se você tiver a rotina de backup feita uma vez por mês e sofrer um ataque hacker antes disso.

Entretanto, ao manter os dados de backup em um dispositivo físico, você conviverá com a preocupação do risco de perder suas informações. 

Afinal, a vida útil dessas máquinas é limitada e corre-se o risco desses equipamentos estragarem a qualquer momento e você ficar na mão quando mais precisar.

Por isso, prefira realizar o backup em nuvem, pois suas informações serão replicadas em vários servidores e até em outros continentes. 

Dessa forma, tornando quase impossível perder suas informações caso algum desastre ocorra, sem contar o custo-benefício e poder de escolha de acordo com sua demanda.

Use antivírus para aumentar a segurança

Contrate um serviço de antivírus para proteger seus dispositivos de possíveis ataques de malwares. Garanta que o programa esteja atualizado e instalado em todos os aparelhos que acessam informações da sua empresa e que tenham conexão com a rede.

Dessa forma, os acessos serão assegurados de que nenhuma ameaça seja recebida e, caso aconteça, o antivírus avisará o usuário que ali contém algo errado. 

Uma vez que os vírus se aperfeiçoam para fazer ataques mais eficazes, o antivírus também está em constante atualização para barrá-los.

Aposte em AntiSpam

O AntiSpam nada mais é que uma ferramenta para filtrar os e-mails indesejados, maliciosos ou que não foram solicitados pelo destinatário. 

Cada AntiSpam utiliza técnicas distintas para realizar essa filtragem, porém, a grande parte faz uso de análises que identificam padrões para fazer a classificação de quais e-mails são indesejados pelo usuário e quais devem chegar até sua caixa de entrada. 

Ou seja, o AntiSpam auxilia a empresa a garantir a segurança da informação, pois ao identificar e-mails falsos, será possível se proteger de receber e-mails maliciosos e infectados que seriam utilizados para roubar seus dados.

Enfim, tais práticas ajudarão a sua empresa a garantir a segurança da informação e a continuidade do seu negócio. 

Se gostou deste conteúdo, não deixe de compartilhar com seus colegas e amigos.

Artigo produzido por Maria Alice Ferreira – Criadora de Conteúdo no grupo Brasil Cloud.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *