Segurança

Segurança do trabalho: o que é necessário saber?

Muitas empresas e indústrias vêm implantando diversos sistemas novos de produção. As máquinas estão ficando cada vez mais potentes e o mundo está ficando cada vez mais competitivo, e em virtude disso, os trabalhadores ficam à mercê das empresas, o que gera, às vezes, desgaste emocional, físico e mental, causando acidentes dentro do ambiente profissional.

É por isso que existe a segurança do trabalho. Este texto vai tratar um pouco do que vem a ser a segurança do trabalho e suas leis, além de falar dos profissionais que atuam na área e quais suas funções.

Também tratará de alguns equipamentos de segurança individual que são recomendados pelos profissionais da segurança do trabalho para evitar acidentes dentro de indústrias e obras.

O que é segurança do trabalho?

Segurança do trabalho pode ser entendida como uma ciência que estuda diversos métodos e meios de proteção do trabalhador dentro do ambiente de trabalho, seja qual for esse ambiente, desde um escritório até o canteiro de obras.

Além disso vem com o intuito de promover a saúde dos trabalhadores e sua qualidade de vida dentro do ambiente da empresa.

Diversas normas e leis regulamentam toda a área de segurança do trabalho, conhecida tecnicamente como Serviço em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT). Todos os seus tópicos estão descritos nas portarias destinadas ao assunto pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

A portaria regulada pelo MTE obriga todas as empresas privadas e públicas, além de órgão do legislativo e judiciário, a terem em suas imediações profissionais da Segurança do Trabalho contratados em regime CLT.

Dessa forma a segurança do trabalho se torna também uma segurança no trabalho, agindo em conjunto os profissionais, empresários e colaboradores.

Profissionais da segurança do trabalho

Os profissionais da segurança do trabalho são responsáveis por diversas funções, pois ajudam a organizar diversas atividades de prevenção de acidentes, mostra aos empregados a importância do uso do uniforme fardamento e dos equipamentos de segurança individual, fazendo com que os trabalhadores entendam a importância de fazer todos os procedimentos de forma segura.

Existem quatro tipos principais de profissionais nesse ramo:

  1. Engenheiro do trabalho;
  2. Técnico do trabalho;
  3. Médico do trabalho;
  4. Enfermeiro do trabalho.

As duas primeiras profissões estão intimamente ligadas à consultoria em segurança do trabalho. Pois fazem inspeções de equipamentos e máquinas, analisam se os equipamentos de combate a incêndio estão dentro do prazo de validade, fazem campanhas de conscientização da prevenção de acidentes, fazem palestras e assim por diante.

Já os dois últimos profissionais lidam diretamente com o trabalhador, afinal eles realizam testes periódicos e admissionais segundo o PCMSO que é o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, que tanto médicos como enfermeiros são obrigados a realizar dentro da empresa:

  • Exames admissionais;
  • Periódicos;
  • Exames de retorno ao trabalho;
  • Exames para mudança de função;
  • Exame demissional.

Esses exames visam acima de tudo dar um atendimento integral à saúde ocupacional dos trabalhadores, evitar lesões e outro benefícios.

Equipamentos de Proteção Individual – EPI’s

A segurança do trabalho é bastante presente na indústria e nos canteiros de obras devido aos riscos que os trabalhadores se submetem, e é por isso que se torna obrigatório o uso dos Equipamentos de Proteção Individual conhecidos como EPI’s. Os profissionais da segurança sempre lidam para a conscientização do uso desses equipamentos.

São variados os tipos de equipamentos conhecidos como EPI’s como:

1. Botas de segurança

As botas de segurança do trabalho são importantíssima para proteger os pés e as pernas contra diversos acidentes, como torções, derrapagens, contra objetos cortantes e outros tipos de acidentes. São vários tipos de botas disponíveis no mercado como:

  • Botas de couro de cano médio;
  • Botas de couro de cano longo;
  • Botas de borracha de cano longo;
  • Perneira de segurança – usada junto com as botas.

2. Óculos de proteção

Os oculos de proteção ajudam a proteger o rosto e os olhos de ambientes que se trabalha com ferramentas de impacto mecânico que projetam partículas, ou então de substâncias e raios ultravioletas.

Além desses equipamentos há os protetores auditivos, os respiradores de ar e capacetes.

A segurança do trabalho ajuda as empresas a desenvolver métodos e esquemas que melhoram o ambiente interno e externo, permitindo aos trabalhadores um ambiente seguro e tranquilo para o desenvolvimento do oficio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *