EquipamentosSegurançaServiços

Sinalizações que são necessárias em empresas

A sinalização é feita pela humanidade há séculos, com o intuito de alertar uns aos outros sobre perigos locais e facilitar a locomoção pelas cidades. Com tecnologias mais avançadas, essa continua sendo uma forma eficiente de comunicação visual e está presente em todos os ambientes de alta circulação de pessoas e as empresas não ficam de fora

Cada edifício tem suas particularidades que mudam a maneira de se deslocar em seu interior e sem uma sinalização adequada novos visitantes podem se sentir perdidos e confusos.

Além disso, visitantes precisam dessas sinalizações para estarem cientes da existência de lugares proibidos ou perigosos por onde não devem circular.

Para evitar qualquer problema e possíveis riscos, as placas devem ser bem planejadas e colocadas de maneira estratégica por todo o prédio, principalmente aquelas que trabalham com materiais e equipamentos perigosos que podem colocar em risco a segurança das pessoas que frequentam e circulam por aquele ambiente.

Crachás para empresas também são uma forma de sinalização que, assim como as placas, são indicadores de segurança e controlam a entrada e saída de funcionários e visitantes.

Assim, elas auxiliam a restringir a entrada de estranhos que possam prejudicar a empresa de alguma forma e, por isso, o item deve ser utilizado por todos ao longo do período de permanência no edifício.

Sinalização personalizada

Uma boa escolha para os lugares que trabalham com situações de risco específico da profissão, como indústrias químicas, precisam de placas feitas especialmente para atentar contra possíveis acidentes e/ou medidas de segurança adequadas, para isso podem fazer o uso de Placas personalizadas para empresas.

Esse tipo de placa não é comercializado em grande escala no comércio porque não têm procura frequente, então precisam ser encomendadas.

Apesar de a personalização de placas não se restringir a esta função, porém, seu uso mais comum é feito por empresas que desejam padronizar suas placas com o logo da marca ou fazer a sinalização com um design original que manifeste a cultura empresarial.

Existem diversos materiais a disposição para o cliente escolher como serão feitas as placas, como:

  • Placa de aço galvanizado;
  • Placa de PVC;
  • Placa de alumínio;
  • Placa de acrilico;
  • Placa de vidro;
  • Placa de madeira;
  • Placa fotoluminescente.

A escolha pelo material deve ser feita levando em conta não só o design final, mas considerando o local em que ela será instalada.

Isso porque, dependendo se o ambiente for externo ou interno, o material da placa pode estragar com maior ou menos facilidade.

A placa fotoluminescente é interessante de ser usada no ambiente interno para sinalizar extintores e saídas de emergência, pois, caso a luz acabe, ainda será possível vê-las.

Placas de alumínio, vidro, acrílico e madeira têm um acabamento mais elegante e ficam melhores se usadas para sinalizar o ambiente interno.

Inclusão

Está previsto em lei a obrigatoriedade em âmbito municipal, estadual e federal do braille nas placas de sinalização, a fim de incluir as pessoas com deficiência visual no ambiente e facilitar sua locomoção.

O braille é uma linguagem destinada para as pessoas com limitação parcial ou total de visão. Para ser usada, a linguagem precisa que seus símbolos estejam gravados em alto relevo sobre uma superfície de forma que possa ser feita a leitura tátil do que está escrito.

As placas em braille costumam ser feitas com os símbolos em relevo posicionados logo abaixo dos símbolos visuais, contendo a descrição do que a placa indica e devem ser posicionadas em um local de fácil acesso para as mãos.

Para adequar o ambiente à inclusão dos deficientes visuais, podem ser encomendadas apenas as placas em braille ao invés de ter que se desfazer das placas que já estão instaladas, mas não têm os sinais da linguagem.

Depois de escolhidas e instaladas, é preciso realizar testes de simulação de emergência com os funcionários, com o intuito de verificar se a sinalização está bem posicionada e com a mensagem clara para as pessoas, sobre os procedimentos e rotas de segurança a serem seguidos.

Ter a garantia de uma boa sinalização é essencial para uma empresa e a seguridade de todos, pois, caso contrário, em uma situação emergencial real em que as placas não foram bem feitas e/ou instaladas, todos os frequentadores do ambiente estarão em uma situação maior de risco.

A manutenção das placas também é essencial para a certificação de que a mensagem tem validade e está legível; placas muito antigas podem ter as letras e símbolos apagados e dificultar o entendimento da mensagem.

Fazer a manutenção é importante porque não se pode prever acidentes e placas quebradas ou apagadas podem dificultar até mesmo a circulação diária na empresa.

Além disso, é importante que a checagem das rotas de fuga e equipamentos de segurança também esteja em dia, pois apenas ter a sinalização sem o seu devido funcionamento deixa o ambiente igualmente inseguro para o trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *