AutomaçãoDicasEquipamentosLogística

Tecnologia em favor do conforto e da segurança

tecnologia e automação residdencial

Atualmente, a tecnologia está sendo aplicada em diferentes ferramentas domésticas. A automatização de equipamentos elétricos, como iluminação, televisores, aparelhos de som e máquinas de café, já podem ser manipulados de forma não presencial. Ou seja, por meio de aplicativos instalados em tablets e celulares.

Mesmo a abertura e o fechamento de portas e portões pode ser realizado de maneira remota, com o simples apertar de um botão.

Isso é bastante eficiente em dias de chuva, em que não é preciso sair do carro para acessar a garagem coberta, por exemplo. Ou então, para a abertura de porta de um morador que está sem as chaves.

Mas, afinal, quais são essas tecnologias e como elas se aplicam no dia a dia de uma residência ou de um comércio?

Tecnologia aplicada na portaria

O mercado oferece diferentes modelos de fechadura eletroímã, que podem ser instalados em portas de madeira, de ferro, de alumínio e até mesmo em porta de vidro.

Esse tipo de equipamento pode funcionar por meio de botões digitais, que reconhecem a digital de um morador ou colaborador, ou ainda por meio de teclados para a inserção de senhas individuais, permitindo reconhecer quem abriu a porta.

Entre as características da fechadura eletroima, está o silêncio em seu funcionamento e, por isso, é bastante indicado para residências em que morem crianças e idosos, pois assim nenhum barulho incomoda.

Como a energia elétrica é fundamental para o seu funcionamento, esse tipo de fechadura deve contar com uma bateria ou um no-break em sua instalação.

Para imóveis modernos, que contam com fachadas que precisam de mais iluminação, engenheiros e arquitetos indicam a instalação de um eletroima porta de vidro, para permitir a entrada de luz natural durante o dia.

No período noturno, esse modelo de vidro pode ser temperado, impedindo a visualização de pessoas que estejam no exterior.

Para aumentar a segurança, é indicado a instalação de cercas elétricas, como podemos ver a seguir.

Mercado oferece diferentes modelos

Além das fechaduras elétricas, que já estão presentes em diferentes modelos de portas e portões, a cerca elétrica residencial é outro equipamento de segurança eficiente, que deve ser instalado por profissionais capacitados e em todo o entorno do terreno, seja de uma casa murada ou sobre os muros que cercam um condomínio.

Por ser um equipamento de segurança eficiente, a aplicação de uma cerca elétrica se tornou prática constante entre moradores, que podem escolher entre diferentes modelos oferecidos pelo mercado.

Como exemplos mais comuns estão a concertina, com arames farpados em forma de lâminas, criando uma barreira visual instantânea, espantando invasores à primeira vista.

As cercas elétricas convencionais são arames lisos, que são energizados, por meio da eletricidade, e contam com baterias dedicadas para manter a função de proteção mesmo quando a concessionária de energia elétrica tiver problemas nas redes de fornecimento.

Esse tipo de proteção deve seguir algumas regras, tanto para a instalação quanto ao seu funcionamento, como:

  • Altura adequada para não atingir pedestres e animais;
  • Placas de aviso são obrigatórias;
  • Sirenes para detecção sonora de invasão;
  • Tensão elétrica de atordoamento.

O objetivo desse tipo de equipamento é inibir a aproximação de pessoas mal intencionadas e, por isso, as placas de informação quanto à presença de cercas eletrificadas devem estar bem posicionadas.

O investimento em uma cerca eletrica residencial preço tem custo bem baixo, pois sua manutenção pode ser realizada de forma preventiva.

A substituição de baterias pode ser necessária, mas de forma esporádica e se houver muita queda de energia por parte da concessionária.

Eletricidade é fundamental para funcionamento

Todas essas ferramentas de segurança fazem parte de um conjunto, que já está sendo aplicado em diferentes condomínios, entre residenciais, comerciais e industriais.

Como a aglomeração populacional está nos grandes centros urbanos, é preciso reforçar a segurança com todos os equipamentos que o mercado oferece.

Para garantir a funcionalidade total das fechaduras e cercas elétricas, é necessário que a rede de abastecimento não sofra nenhuma queda de energia.

Para isso, é preciso ter realizar a instalação de grupos geradores de energia elétrica, abastecidos por meio de energia solar, que é limpa e segura, ou então com geradores abastecidos com combustível fóssil, como gasolina ou diesel.

Dentro dos condomínios, esse tipo de equipamento é bastante comum, pois eles podem fazer parte de um projeto de toda a instalação elétrica, para suprir o fornecimento de energia das concessionárias quando elas falharem, principalmente em dias de chuva. Com isso, a segurança fica garantida por um longo período.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *