DicasEmpreendedorismoEquipamentosOrganizaçãoServiçosTerceirização

Terceirização de serviços e a organização de estruturas

Atualmente, muitas empresas estão investindo em terceirização como uma opção de melhoria nos serviços e mais agilidade na realização de tarefas. Além disso, tal ferramenta possibilita uma maior produtividade nas demais tarefas ou ainda na função foco do setor.

No entanto, diferentemente de outros anos, agora a instituição pode contratar serviços terceirizados para qualquer área e segmento.

A terceirização é uma grande vantagem para as empresas, pois o processo fica mais desenvolto (menos burocrático) quando se contrata uma instituição especializada em um determinado serviço.

Com isso, é mais fácil para a empresa contratante concentrar, exclusivamente, na parte central de seus negócios (core business), evitando atrasos e, até, encontrando novas formas de otimizar o serviço.

Em vista disso, os serviços que foram terceirados passam a não ser a principal preocupação da empresa. Isso porque a firma que foi contratada será encarregada de todo o processo e desenvolvimento desses serviços.

Do mesmo, a contratada deve se responsabilizar por toda a parte burocrática da contratação além de oferecer os materiais e equipamentos essenciais para o desenvolvimento das tarefas.

Vale destacar que há a necessidade de acompanhamento dos serviços. Até porque, pode ocorrer algum problema na empresa em relação aos serviços prestados.

Por isso, para manter a organização, eficiência e qualidade dos produtos que são executados pela empresa terceirizada, é importante que a empresa contratante sempre verifique os trabalhos.

Isso é importante, também, porque para cobrar melhorias ou qualquer outra eficiência durante o trabalho, a empresa principal precisa fazer o gerenciamento constante.

Tipos de serviços terceirizados

No entanto, é necessário saber quais são os tipo de serviços que a empresa principal pode terceirizar. Por isso, ao longo desse texto, serão expostos alguns serviços que beneficiam as empresas.

Em um primeiro momento, os serviços de limpeza, são uma forma de terceirização realizada e conhecida há muito tempo. Isso ocorre até pelo fato de que é mais vantajoso ter uma empresa especializada em limpeza do que acumular em sua receita várias pessoas para realizar apenas esse tipo de serviço e, assim, gerando desnecessários.

A partir do momento em que uma empresa é contratada, tudo ficará a cargo dela.

Afinal, ela será responsável pela disponibilização de toda a mão de obra, dos materiais e produtos necessários para a realização desse tipo de serviço, como já foi mencionado.

Outra vantagem é tirar o peso de se preocupar com a manutenção de corredores e banheiros. Nesse sentido, a empresa principal economiza mais tempo para os seus negócios e, ainda, possibilita a economia financeira – já que os materiais serão fornecidos pela empresa terceirizada.

Já os serviços de uma empresa de segurança também são bastante requisitados para a terceirização porque além de otimizar o tempo para fazer seu negócio render e diminuir custos, a equipe que atua em sua empresa terá uma sensação de bem-estar e proteção. Isso porque as instituições voltadas à segurança possuem ótimos profissionais.

A importância da utilização desse tipo de serviço decorre da necessidade de proteger também o patrimônio físico de bancos, lojas ou qualquer estabelecimento comercial.

Assim como é preciso segurança nos estabelecimentos, também é imprescindível estar preparado em eventos e palestras realizadas fora do ambiente tradicional de trabalho. Para isso, um serviço muito importante é o de brigadista para eventos

Afinal, essas estruturas armazenam e aportam diversos profissionais e materiais de grande valor. Portanto, não há benefício melhor do que fazer esse tipo de contratação.

Para aproveitar todos os benefícios proporcionados pela terceirização, é preciso escolher corretamente uma prestadora de serviços altamente qualificados – seja para contratar empresas de segurança em sp como qualquer outro serviço. Assim, pesquisar e buscar informações é essencial.

Segurança em empresas e condomínios

Muitas vezes as empresas fazem eventos para poder potencializar a imagem da sua marca e divulgar de forma eficiente determinado produto.

Por esse motivo, é muito comum que elas invistam em estandes para feiras para demonstrar seus produtos e serviços.

Neste contexto, é importante saber escolher muito bem o tipo de estande que será construído no local, para que o espaço seja adequado para comportar e evidenciar os seus produtos. Além disso, é preciso garantir que haja uma otimização do ambiente para facilitar a circulação dos clientes.

Afinal, quanto melhor disposto o local e adaptado com a sua linha de negócio, mais chamará a atenção do consumidor.

Neste momento, no entanto, algumas dúvidas podem surgir com relação a qual é o melhor modelo para alugar ou comprar para realizar a exposição de sua marca.

Por esse motivo, fizemos uma lista dos principais modelos de estandes e suas especificidades para que o profissional saiba qual se enquadra melhor às suas necessidades e impressione sua clientela.

Basicamente, os tipos de estandes são:

  • Básico;
  • Padrão;
  • Especial ou construído;
  • Misto;
  • Cenográfico;
  • Mezanino;
  • Contêiner.

Tanto o modelo básico quanto o padrão são modulares e tem um tamanho menor. O que os diferencia é a altura em que o stand padrão é montado. Isso porque ele é feito com um piso de elevação de 0,10m.

Já o especial, ou construído, é todo personalizado se adequando as demandas do cliente. Ou seja, ele é todo montado pensando naquele evento em específico.

O misto é o formato de stand também modular. Mas, neste caso, é possível adaptar os diversos módulos com que a empresa trabalha para tornar o espaço ainda mais proveitoso. Com isso, ele se torna um “misto” dos modelos anteriores.

No modelo cenográfico o tema da festa é o foco para definir a decoração e a estruturação do estande. Por isso, ele pode ser visto como uma evolução do modelo construído.

Por fim, os modelos de mezanino e contêiner dizem respeito da formatação e estrutura do estande. Isso porque o primeiro recebe um espaço extra ao incluir o mezanino no estande construído, por exemplo.

Esse espaço pode servir como um escritório ou uma cabine para finalização de vendas. Enquanto isso, o contêiner é a estrutura na qual o stand pode ser realizado.

Neste cenário, também é preciso pensar na segurança dos estandes. Por isso é preciso contar com uma equipe de brigadistas, seguranças, enfermeiros, entre outros profissionais que consigam lidar com possíveis emergências.

Por fim, seja para proporcionar mais segurança e beleza para os estandes ou condomínios empresariais, contar com uma guarita blindada pode ser muito interessante. Afinal, essa é uma estrutura que oferece mais resistência e segurança ao estabelecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *