HospitalSegurançaServiços

Tipos de identificação encontrados em um hospital

Uma boa gestão é fundamental para qualquer setor e não é diferente ao se tratar de um hospital, o que envolve a organização, segurança, conforto, entre outros fatores que devem ser assegurados nestes locais.

Também é importante citar que a identificação é indispensável para atender estes elementos e por isso diferentes medidas são incorporadas.

Uma alternativa amplamente aplicada corresponde ao uso da pulseira de hospital, que pode ser voltado para acompanhantes e pacientes.

A pulseira de identificação é um meio essencial para promover maior segurança durante o processo de assistência, sendo muitas vezes o ponto de partida, uma vez que em diversos locais, os pacientes recebem as pulseiras no momento de realização da ficha de atendimento.

Sendo assim, pode se considerar a pulseira um dos elementos mais importantes para o ponto de partida da execução adequada na instituição, até mesmo quando o paciente não apresenta capacidade de responder por si mesmo.

Afinal, é uma forma de direcionar o atendimento para a pessoa correta, independentemente da finalidade, como medicamentos e exames.

Por esse motivo, comumente nas pulseiras estão as seguintes características:

  • Data;
  • Nome completo;
  • Data de nascimento;
  • Senha de atendimento.

Além disso, a checagem dos dados da pulseira muitas vezes ocorre antes do início de cada procedimento realizado, é uma forma de reforçar o atendimento para a pessoa correta, proporcionando assim, maior segurança para todos.

A importância do relógio de ponto

O relogio de ponto é um item capaz de proporcionar vantagens tanto para os funcionários, quanto para a empresa. Afinal, é uma maneira de obter maior transparência no que diz respeito ao controle da jornada, inclusive de uma gestão mais eficaz de banco de horas.

O sistema pode variar, como o manual e a máquina de ponto eletrônico, é preciso considerar que os locais contam com diferentes particularidades a serem atendidas, além das questões técnicas que podem ou não ser mais favoráveis para o dia a dia do local.

Para maior precisão nos processos realizados, a alternativa eletrônica pode ser a mais favorável.

É importante citar que conforme o artigo 74 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), as corporações que apresentam mais de 10 colaboradores devem efetuar o controle de ponto, independentemente de qual seja o sistema adotado. Sendo que essa é uma responsabilidade da organização.

Além de maior precisão, é preciso considerar que a alternativa eletrônica é associada a um software de gestão, o que facilita os processos realizados até mesmo para o setor de recursos humanos da empresa.

Sendo assim, questões como as horas extras, alterações na jornada de trabalho, folgas, entre outras, podem ser tratadas de uma forma mais clara e ágil.

Conheça as vantagens do cartão de proximidade

Da mesma forma que o relógio de ponto desempenha um papel importante para a detecção de dados relacionados a jornada de trabalho, o cartão de proximidade representa uma maneira vantajosa como controle de acesso, especialmente para gerenciar o fluxo de pessoas.

Ao abordar essa alternativa, também é interessante observar que em um hospital há áreas restritas e que a divisão de ambientes é necessária.

No entanto, não basta que exista apenas a divisão para controlar de maneira eficaz o acesso das pessoas, se tornando necessário recorrer a sistemas como o cartão de proximidade.

O uso do cartão favorece a rapidez do processo, principalmente ao se tratar da alternativa de proximidade; pois, neste caso, não há necessidade de inserir o cartão no dispositivo empregado.

Para assegurar a praticidade no processo realizado, o cartão conta com o cadastro de informações dos usuários e ao ser aproximado do visor de leitura, a pessoa é identificada, sendo liberada ou não para o acesso.

Diferentes especificações devem ser observadas ao recorrer a esse tipo de alternativa, por exemplo, o cartão de proximidade 125 khz atende a frequência de operação 125 kHz, que é uma especificação atendida pelo leitor.

Há alternativas que possibilitam a aplicação de películas para a identificação, além de impressão personalizada.

Assim como nos outros casos, é crucial que os responsáveis pela gestão do hospital se atenham aos processos de identificação e controle a serem empregados ou aprimorados.

Isso porque, conforme pode ser notado ao longo do texto, são recursos que podem fazer toda a diferença para a organização e principalmente para a segurança do local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *