Marketing

Marketing jurídico para advogados: 5 dicas práticas

Marketing jurídico para advogados

O marketing jurídico para advogados é uma estratégia amplamente utilizada por advogados autônomos ou escritórios de advocacia que desejam alcançar novos e potenciais clientes para prestar seus serviços dentro do Direito.

Em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Sebrae realizou uma pesquisa em 2021 que apontou que 70% dos pequenos negócios possuem presença digital e vendem por meio de redes sociais, aplicativos e internet de maneira geral. No caso dos serviços jurídicos privados, não é diferente.

O objetivo principal do marketing jurídico é fazer com que o escritório de advocacia ou profissional do direito se torne referência em sua área de atuação, tornando-se a primeira escolha dos clientes em potencial quando precisam de serviços jurídicos.

O marketing jurídico também pode ser uma forma eficaz de fidelizar os clientes atuais, garantindo que eles retornem para novos serviços no futuro e até mesmo recomendem os serviços para outras pessoas.

Entretanto, é de extrema importância ressaltar que todas as ações de marketing jurídico realizadas devem estar em conformidade com as normas regulamentadoras previstas pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Qual a importância do marketing jurídico para advogados?

O marketing jurídico é importante por diversas razões. Em primeiro lugar, ele permite que os escritórios de advocacia e profissionais do direito aumentem a visibilidade e a reputação de seus serviços no mercado, tornando-se mais conhecidos e reconhecidos pelos potenciais clientes.

Isso pode aumentar a demanda pelos serviços, gerando mais oportunidades de negócios e, consequentemente, aumentando a rentabilidade do escritório de advocacia ou do profissional autônomo.

Sabe-se que o segmento de advocacia, assim como em diversos outros segmentos, a reputação muitas vezes vale muito mais do que se pode supor, sendo determinante no momento de tomada de decisão do cliente.

Dessa forma, trabalhar na imagem e reputação do profissional ou escritório é um trabalho fundamental e constante.

O que levar em conta ao traçar uma estratégia: restrições e normas

Como vimos antes, existem normas e códigos de ética previstos por órgãos regulamentadores da profissão que devem ser seguidos para evitar problemas. Vamos falar de alguns deles.

  1. Código de Ética e Disciplina da OAB: O código de ética estabelece as regras para a publicidade dos serviços jurídicos e as condutas permitidas e proibidas aos advogados. O código prevê que a publicidade deve ser discreta, informativa e não pode ser sensacionalista ou promocional;
  2. Resolução nº 02/2015 do Conselho Federal da OAB: Esta resolução estabelece as diretrizes para a publicidade na advocacia, incluindo as informações que devem constar na publicidade, como o nome completo do advogado, a área de atuação e o número de inscrição na OAB;
  3. Provimento nº 94/2000 do Conselho Federal da OAB: Este provimento estabelece as normas para a publicidade em eventos promovidos pelos escritórios de advocacia e pelos advogados;
  4. Provimento nº 112/2006 do Conselho Federal da OAB: Este provimento estabelece as normas para a publicidade na internet, incluindo as regras para a criação de sites, blogs e redes sociais.

Essas normas são rigorosas e o não cumprimento delas pode ocasionar advertências ou até mesmo a suspensão da habilitação do profissional para atuar como advogado.

5 dicas práticas de marketing jurídico para advogados

Tendo como base as normas previstas pela OAB, listamos algumas dicas práticas de como fazer boas campanhas de marketing jurídico para advogados.

O marketing é uma área de estudo muito ampla e os meios digitais propiciam uma vasta gama de abordagens, portanto, é importante conhecer as mais efetivas para o segmento de advocacia, seja um advogado tributário, penal ou de qualquer outra área.

E considerando que devido às normas, os advogados não podem fazer campanhas tradicionais de marketing como oferecer serviços de forma direta ou informar honorários, estreitar a pesquisa e desenvolvimento do marketing jurídico se faz ainda mais fundamental.

#1 Presença em eventos (e gere conteúdo com isso)

Participe de eventos relacionados à sua área de atuação, como conferências, seminários e outros. Isso ajuda a aumentar sua visibilidade e também a do escritório de advocacia, estabelecendo conexões com outros profissionais e potenciais clientes.

É fundamental gerar conteúdo através dos eventos em que a empresa ou profissional frequenta, pois isso gera credibilidade e confiança para a imagem da marca.

A presença em eventos também é fundamental para construção de network, um recurso valioso para qualquer segmento, desde uma clínica oftalmológica até o escritório de advocacia.

#2 Conteúdo certo para as pessoas certas

A maioria das pessoas tem muitas dúvidas relacionadas aos conhecimentos do Direito e oferecer a elas as respostas que precisam quando pesquisam por isso no digital é fundamental para criar uma conexão com essa audiência.

Quando você marca presença resolvendo problemas e tirando dúvidas, sua aproximação com essa audiência vai estreitando e se tornando cada vez mais propícia para o fechamento do negócio.

Dentro do chamado funil de vendas, o fato de você atrair pessoas resolvendo suas dúvidas através de conteúdos de qualidade é uma das formas mais concretas para converter potenciais clientes em clientes, efetivamente. O que é uma ótima forma de fidelizar os clientes que já conhecem seu trabalho.

Mesmo que a criação de conteúdo possa abranger muitas pessoas que só são curiosas, ainda sim você estará trabalhando no fortalecimento da marca e buscando chegar nas pessoas certas.

#3 Tenha um site profissional

Optar pela criação de um site profissional para advogados é uma das etapas mais fundamentais do marketing jurídico, pois através dele você será encontrado com mais facilidade nos mecanismos de busca como o Google.

O site é uma ferramenta incrível para a captação de novos clientes, e um espaço onde é possível criar textos de qualidade com recursos de copywriting para explicar os serviços prestados e como eles podem auxiliar quem procura.

O grande diferencial do site em comparação às redes sociais é a autonomia que a empresa ou o profissional tem para construir, realizar manutenções e garantir a estabilidade da plataforma.

#4 Abordagem multicanal

Apesar da comparação que fizemos acima, é fundamental que sua abordagem de marketing jurídico seja multicanal, isto é, trabalhe a presença digital em diferentes plataformas.

No entanto, a escolha dessas plataformas não deve ser arbitrária e nem feita aleatoriamente, mas sim com base em uma boa pesquisa de mercado para estar presente somente onde faz sentido estar, pois atirar para todos os lados não é uma estratégia eficiente.

É uma lógica básica: cada nicho tem uma audiência presente em diferentes ambientes, especialmente no meio digital. Enquanto os potenciais clientes de uma consultoria ambiental podem estar fazendo pesquisas no Google, os potenciais clientes de um salão de beleza podem estar pesquisando no Instagram.

Com a escolha dos canais de distribuição de conteúdo corretos, as chances de encontrar a audiência ideal é ainda maior – e tudo isso pode ser pesquisado, medido e analisado por dados concretos.

#5 Invista em SEO local

Para que os advogados e empresas de advocacia possam prestar serviços na cidade em que atuam tornando-se referência no mercado até expandir para outros locais, é preciso atuar com SEO local.

O SEO é a sigla para “Search Engine Optimization”, isto é, Otimização para Mecanismos de Busca, uma estratégia de marketing em que as páginas de um site são otimizadas para que apareçam por primeiro nos resultados de uma pesquisa em um motor de busca. O SEO também é uma estratégia que pode ser utilizada no YouTube, por exemplo.

O SEO local trabalha nos resultados por localização no mapa, mostrando o seu site para as pessoas da região que são mais passíveis de contratar os serviços por poderem ter um contato pessoal com o advogado.

Então, certifique-se de que seu site apareça nas pesquisas dos mecanismos de busca. Isso pode ser feito por meio da otimização de mecanismos de busca (SEO), que é o processo de ajustar o conteúdo de seu site para que ele apareça nas primeiras posições dos resultados de pesquisa.

Como fazer marketing jurídico para advogados fora do meio digital?

O marketing jurídico fora do meio digital pode ser realizado por meio de estratégias tradicionais de marketing.

Veja algumas ideias e estratégias que podem ser utilizadas para promover o marketing jurídico fora do meio digital:

  1. Networking: participar de eventos de networking é uma ótima forma de conhecer outras pessoas da área e de se apresentar como um advogado competente e experiente. É importante estar preparado com cartões de visita e ter uma estratégia clara de como se apresentar e como fazer contatos relevante;
  2. Palestras e Conferências: participar de palestras e conferências é uma excelente forma de se estabelecer como um especialista em determinada área do Direito. Ao apresentar-se como um orador, você poderá atrair potenciais clientes e destacar-se no mercado;
  3. Publicações: escrever artigos para revistas especializadas em direito pode ajudar a estabelecer sua credibilidade e autoridade na área. Além disso, isso pode levar a convites para apresentações em eventos, oportunidades de consultoria e parcerias de negócios;
  4. Patrocínio de Eventos: patrocinar eventos que sejam do interesse do seu público-alvo pode ser uma ótima forma de aumentar a sua visibilidade e promover o seu escritório de advocacia;
  5. Brindes e materiais promocionais: a distribuição de brindes personalizados, como canetas e cadernos, pode ser uma forma eficaz de promover o seu escritório e mantê-lo na mente dos clientes em potencial.

Ou seja, marketing jurídico para advogados fora do meio digital é fundamental para a construção da reputação de um escritório de advocacia e para a geração de novos negócios.

Utilizando essas estratégias de marketing tradicional, você poderá destacar-se no mercado e atrair mais clientes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Matupa News, onde você pode encontrar conteúdos informativos de valor sobre diversos segmentos.