Sem categoria

O que é ERP e como ele ajuda pequenas Indústrias

A tecnologia ajuda toda e qualquer empresa que tenha necessidade de melhorar os processos internos. Essa é uma forma de aumentar a produtividade e a qualidade dos produtos e serviços entregues ao consumidor final.

O processo de manufatura em si, sofre avanços tecnológicos desde da primeira Revolução Industrial e, por isso, se uma empresa deseja aumentar sua competitividade, é preciso acompanhar.

Um ERP, ou sistema de gestão de gestão integrado, são soluções fundamentais para automatizar as atividades administrativas, financeiras e as operações de chão de fábrica.

Se você não sabe nada sobre esse assunto ou tem dúvidas se ele é necessário, fique tranquilo: este conteúdo explica tudo o que você precisa saber e quais as vantagens desse tipo de investimento.

Boa leitura!

O que é um ERP Industrial?

Um sistema ERP gerencia de forma integrada todas as áreas da empresa. Por se tratar de um software com arquitetura interligada, os resultados operacionais passam a ser mais eficientes e rápidos.

Afinal, tudo dentro dessa ferramenta parte de uma base única, o que garante consistência das informações para todas as atividades internas.

Convém dizer que a falta de um sistema ERP faz com que as informações sejam coletadas e analisadas manualmente. Isso, sem dúvidas, não é uma boa prática!

Além do risco de duas pessoas trabalharem em bases de dados diferentes. É improdutivo e ainda pode acarretar erros com prejuízos grandes.

Com um bom software de gestão, o controle financeiro e produtivo seriam feitos de maneira automática e em tempo real, com todos os departamentos tendo acesso às mesmas informações.

Tipos de ERP

É fundamental entender as características desse sistema. Assim, é mais fácil identificar quais os pontos de melhorias e atenção que sua empresa terá após fazer esse investimento.

Existem alguns tipos de software ERP. Neste artigo, vamos falar apenas de dois: On-Premise e Nuvem.

No sistema On-Premise, a instalação acontece no hardware e servidores da companhia que adquire o sistema. Aqui, todo o gerenciamento é feito pelo departamento de TI da própria empresa, o que aumenta os custos de aquisição.

Já no sistema Nuvem, você contrata os recursos do software, como o armazenamento e o banco de dados, por meio de uma assinatura. Para utilizar esse tipo de ferramenta, você só precisa ter acesso à internet de qualquer aparelho eletrônico.

Hoje em dia, alguns serviços em nuvem já contam com aplicativos para celular, o que torna todo o processo ainda mais prático.

Benefícios de um sistema ERP

Para justificar a escolha de um ERP, é muito importante esclarecer quais são os benefícios que sua empresa vai conquistar, pois, se engana quem pensa que a redução de custos e agilidade são as únicas vantagens desse sistema. São elas:

  • Redução de custos;
  • Modularidade flexível entre áreas;
  • Precisão dos dados;
  • Informações em tempo real;
  • Inteligência de processos;
  • Segurança das informações;
  • Gestão modernizada;
  • Controle de fluxo de caixa;
  • Relatórios mais completos;
  • Padronização de processos e dados;
  • Informações integradas;
  • Escalabilidade.

Quais funcionalidades um bom ERP industrial tem?

Para tirar o máximo de vantagens de um ERP, é fundamental escolher o parceiro com os pacotes de recursos mais adequados à realidade do seu negócio.

Além de listar todos os benefícios, vamos apresentar algumas das características básicas de um sistema, assim fica mais fácil adotar o sistema ideal para sua empresa.

Just In time

O just in time é uma metodologia usada para garantir que a empresa atenda as demandas do mercado com agilidade e sem que haja excesso ou falta de estoque. Seu objetivo é entregar a mercadoria dentro do prazo, focando na satisfação do cliente.

Nesse caso, um sistema de gestão integrado é um ótimo investimento. Para obter esse resultado, você precisa de uma ferramenta que fornece as informações no tempo certo, sem que haja espaço para falhas. Por isso, o sistema deve oferecer uma plataforma intuitiva e simples.

Atualizações

Para você não ser pego usando processos obsoletos, a empresa parceira e responsável pelo sistema precisa seguir um cronograma de atualizações ao longo do contrato.

Algumas atividades no ERP precisam ser melhoradas com o passar do tempo. Logo, é essencial ficar atento aos pacotes de funcionalidades oferecidos para que sua empresa acompanhe as inovações do mercado.

Suporte especializado

O ideal é que todo serviço contratado, independente do tipo, tenha um time preparado para atender demandas simples ou mais técnicas. 

Para indústrias, esse atendimento é ainda mais importante, uma vez que essa tecnologia impacta diretamente na sua manufatura.

Ter um bom conhecimento sobre os processos da sua empresa pode ser fundamental para entender quais soluções serão mais vantajosas para a produção. Por isso, não abra mão de ter um software para indústria que ofereça um suporte de qualidade.

Controle de estoque

Nem é preciso dizer o quanto ter um controle de estoque eficiente é necessário para uma empresa. E, com um ERP, a movimentação de mercadorias fica mais fácil.

Por isso, ao escolher um sistema você precisa entender que essa ferramenta precisa integrar os dados de todos os setores, sobretudo as equipes de compras, de controle de posição e de vendas.

Emissão automática de notas fiscais

Emitir documentos fiscais automaticamente é uma outra vantagem que um bom ERP precisa oferecer.

Assim, você não precisa se preocupar com as burocracias para emitir os tipos de notas fiscais que o seu negócio utiliza.

Considerações Finais

Um sistema de gestão também te ajuda a tomar boas decisões e isso é uma vantagem altamente competitiva no mundo dos negócios. Com um foco em consistência, eficiência e comunicação entre áreas, o ERP pode beneficiar muito a administração de qualquer empresa.

Se uma micro ou pequena indústria decidir investir nessa ferramenta, ele se tornará capaz de otimizar todos os seus processos internos. E, com isso, passa a atender mais demandas, melhorar o atendimento ao público e até sobressair à concorrência.

Esse artigo foi produzido pela Equipe Sensio. Para saber mais sobre esse e outros assuntos, acesse nosso site.

Até a próxima!