EmpreendedorismoEmpresas

Saiba como funcionam os famosos coworkings

O jeito de trabalhar tem mudado em todo o planeta. Antigamente, existia apenas o emprego tradicional, que você vai para a sede da empresa, fica lá por 8 horas todos os dias e depois volta para a casa.

Porém, atualmente, isso tem mudado bastante. Além do uso do aluguel de sala por horaexistem também outras formas bem modernas de se trabalhar.

Nos próximos tópicos, você vai conhecer cada uma dessas formas de novos trabalhos. São muitos os existentes e cada um com suas próprias características.

Além disso, vai entender o que é um coworking, o que precisa para alugar esse tipo de local e quais estilos de empresas que funcionam nesses lugares. Confira!

Quais são os novos locais de trabalho?

Imagina você ter uma contadora e separadora de moedas em casa. Ou seja, trabalhar com a área de contabilidade e câmbio em um escritório feito dentro do seu próprio lar.

Isso não só é possível, como vem se tornando tendência nessa e em outras áreas.

Na lista abaixo, você vai conhecer as novas formas de se trabalhar no século XXI:

  • Coworking;
  • Home-office;
  • Aplicativos;
  • Freelancer;
  • Trabalho remoto.

Você, com certeza, já ouviu falar de escritorios para alugar em um ambiente com outros vários outros escritórios. Esse é o coworking, um local grande, com várias salas e diferentes empresas que atuam nesse mesmo ambiente.

Já o home-office é o trabalho feito em casa que pode ser de um profissional de marketing até um chef de hambúrguer artesanal.

Há também, nos tempos atuais, quem trabalhe apenas com aplicativos, no estilo delivery, por exemplo. A pessoa pede algo que algum produz em um espaço ou até em casa e éspera pela entrega, não oferecendo um local próprio para que os clientes venham, sentem e aprecie os produtos.

Outro tipo de trabalho super comum nos tempos atuais é o de freelancer. Aquela pessoa que é 100% autônoma e consegue vários serviços em diferentes empresas relacionadas ao segmento que ela trabalha. Esse formato de serviço é muito comum na área de marketing, design e comunicação.

Há também o chamado trabalho remoto que é bem parecido com o home-office. Nele, o funcionário ou colaborador trabalha do local que desejar, desde que esteja conectado à rede da empresa durante o tempo de serviço.

Além disso tudo, até as formas de se trabalhar dentro de uma empresa também tem mudado. Antes, ao ir a um escritorio de contabilidade, por exemplo, o trabalhador tinha horário para entrar e sair, assim como a determinação de períodos extras.

Hoje em dia, os horários são flexíveis, com um horário de entrada e saída alternadas e até formado por mais horas durante a semana para não haver a necessidade de se trabalhar aos sábados.

Tudo isso graças aos avanços tecnológicos e as outras formas de se relacionar com o emprego e com os próprios clientes.

Como funciona um coworking?

O coworking é um local de trabalho como qualquer outro. Ao chegar lá, vai ter um atendente de portaria, um recepcionista, que vai indicar a você as salas e os locais disponíveis para trabalho e reuniões.

Você pode locar esse espaço por hora, dia, mês, ano, a escolha é sua. O legal é que além de ter um espaço já montado, que você não precisa gastar muito dinheiro para tê-lo, ainda vai ter contato com outras empresas de áreas bem diferentes que a sua.

Isso auxilia na criação de parcerias, permutas, elaboração de eventos em conjunto, entre outras estratégias ótimas para qualquer empresa. Além do networking, claro, que é muito mais facilitado nessa situação.

Outra questão bem legal do coworking é que ele respeita 100% a tecnologia e inovação.

Cada vez mais esses espaços são automatizados, como a presença do software portaria virtualem que todas as informações que você conseguiria com um recepcionista agora estão na palma da sua mão por um app, na tela de um computador, um tablet ou celular.

Isso não significa que não há um serviço profissional ou acompanhamento de uma equipe de segurança especializada.

Pelo contrário, existe uma monitoria 24h do local, responsável por acionar os órgãos competentes em caso de invasões ou outros imprevistos.

Além disso, o próprio contato entre os colaboradores das empresas que fazem parte desse espaço de convivência profissional também conseguem se comunicar por meio de aplicativos de mensagem, por exemplo.

É uma forma de interação bem legal, além de serem locais super equipados para diferentes tipos de empresas.

Se você tem curiosidade sobre o aluguel de sala por hora, dia, mês ou ano, visite uma salas de coworkings tire todas as suas dúvidas a respeito dessa nova e tecnológica forma de trabalhar em equipe.